Últimas do Mix

Fifa irá apurar caso de jornalista abordado por bandeira de Pernambuco

 

Reprodução- Instagram

A Fifa informou que irá investigar o caso envolvendo jornalistas pernambucanos, que foram intimidados no Catar por estarem com a bandeira do estado brasileiro. O grupo foi abordado por pessoas que se identificaram como policiais.

Apesar de estar com uma credencial da Fifa, o jornalista Victor Pereira foi impedido de gravar o conflito, mesmo que portasse a credencial da entidade, que permite que o repórter faça gravações no local. O celular de Victor foi tomado e só devolveram após o vídeo ter sido apagado do aparelho.

A bandeira de Pernambuco foi confundida com o símbolo da causa LGBTQIA+, por conter um arco-íris em seu desenho. O símbolo foi proibido durante a Copa do Mundo do Catar, assim como outros acessórios que façam menção à comunidade.

A escolha da Fifa por sediar o Mundial no Catar vem sendo fortemente criticada por conta da postura do país-sede em relação aos direitos humanos, principalmente em relação às mulheres e à comunidade LGBT.




Fonte: Metrópoles

Nenhum comentário