Últimas do Mix

Roberto Guilherme, o Sargento Pincel, morre aos 84 anos no Rio

Roberto GuilhermeFoto: Estevam Avellar/Globo

O ator e humorista Roberto Guilherme, que ficou conhecido por interpretar o Sargento Pincel em Os Trapalhões, morreu nesta quinta-feira, 10, no Rio de Janeiro, aos 84 anos. O artista estava internado na Clínica São Vicente, na Gávea, e tratava um câncer. A informação foi confirmada pelos familiares e por Lilian Aragão, esposa do ator Renato Aragão.

Apesar do extenso currículo como ator, Roberto ficou conhecido na TV como o irreverente Sargento Pincel, papel que interpretou por mais de 30 anos. Ele contracenava com o 'Soldado 49', personagem de Renato Aragão, em Os Trapalhões, na TV Globo.

Em uma esquete humorística, Roberto teve seus cabelos raspados e passou a assumir a careca e o bigode como marcas registradas. A identificação com o personagem era tanta, que até dentro de casa sua família o chamava pelo apelido de "Pinça", segundo contou em entrevista.

O último trabalho foi na série de comédia Dra. Darci (2018), da Multishow, estrelada por Tom Cavalcante e Fabiana Karla. Roberto Guilherme interpretou General Armando, avô e sogro de Darci, interpretada por Tom Cavalcante.

Trajetória

Batizado como Edward Guilherme Nunes da Silva, Roberto Guilherme adotou o novo nome em homenagem a Roberto Carlos. O ator nasceu em Ladário, Corumbá (MT), em 25 de agosto de 1938. Ele morou em Natal (RN), e aos 8 anos se mudou para o Rio de Janeiro. Aos 11 anos, trabalhou em uma tamancaria, e aos 14, começou a jogar futebol profissionalmente como ponta-esquerda no Vasco da Gama.

Aos 18, Roberto Guilherme se alistou ao Exército e se tornou paraquedista, mas não abandonou o futebol. Ele até chegou a disputar partidas pela Seleção Brasileira Militar de Futebol ao lado de Pelé. 

Sua história com o teatro também começou no Exército. Roberto escreveu uma peça, encenada no Olaria Atlético Clube, no Rio, e precisou entrar em cena quando um dos atores faltou. Sua atuação chamou a atenção de um produtor, que o convidou para trabalhar na TV.

O ator conheceu Renato Aragão, que eternizou o personagem Didi, e os dois passaram a contracenar no humorístico 'Um Dois, Feijão Com Arroz' (1965), que ainda tinha no elenco Dedé Santana, Dary Reis e Átila Iório. Depois, Roberto começou a fazer parte do elenco fixo de 'Os Trapalhões'.

Roberto Guilherme foi para a TV Record, onde viveu o 'sargento Pincel' pela primeira vez, no programa 'Quartel do Barulho', em 1966. Mais tarde, na TV Tupi, ele teve a chance de participar de diversos programas, se consolidando como um grande nome do humor televisivo.

Nos anos 80, o ator participou de um teste para ser o palhaço Bozo, no SBT, mas perdeu a vaga para Wandeko Pipoca. Em 1981, ele foi para a TV Globo, e participou do 'Viva o Gordo' e 'Balança Mas Não Cai'. Com o retorno dos 'Trapalhões' para a TV, Roberto Guilherme pôde eternizar o sargento na memória dos espectadores.

Fonte: Terra

Nenhum comentário