Últimas do Mix

Wilson Lima anuncia datas da segunda parcela do 13º e antecipação do salário de dezembro para servidores do Estado

Foto: Lucas Silva/SECOM
Amazonas - O governador Wilson Lima anunciou, nesta sexta-feira (11/11), que o pagamento da segunda parcela do 13º salário dos servidores públicos estaduais ativos e inativos será feito nos dias 12 e 13 de dezembro, antes do prazo final estabelecido em lei (Lei nº 4.749, de 12 de agosto de 1965), que é até 20 de dezembro. Além disso, o salário de dezembro será antecipado e creditado em conta nos dias 21 e 22.

“Essa antecipação salarial é um reconhecimento pelo bom trabalho que fazem e, claro, um movimento alinhado ao comércio para que haja circulação na economia. Afinal o comerciante, tendo certeza que terá dinheiro circulando, pode fazer uma contratação temporária e até ter tranquilidade de fazer um investimento”, afirmou Wilson.

Somando a segunda parcela do 13º (R$ 300 milhões) com a folha mensal de pagamento de dezembro (R$ 700 milhões), o Governo do Amazonas pagará neste fim de ano R$ 1 bilhão aos funcionários públicos estaduais.

“Esse anúncio do governador é muito importante e faz uma grande diferença para o empresário, porque traz segurança e gera consumo e receitas. Portanto, deveremos ter um final de ano muito bom”, comentou Ralph Assayag, presidente da Câmara de Dirigentes Lojistas de Manaus (CDL Manaus).

A primeira parcela do 13º salário foi paga de forma antecipada nos dias 5 e 6 de maio, antecedendo o Dia das Mães. Na época, houve uma injeção de R$ 290 milhões na economia. Segundo estimativa da Secretaria de Estado da Fazenda (Sefaz-AM), ao todo, o montante desta segunda parte da 13º soma cerca de R$ 298,6 milhões, alcançando aproximadamente 120,9 mil servidores.

Atualmente, o Governo do Amazonas conta com 82.514 servidores ativos, que receberão R$ 231,1 milhões, e mais 38.415 beneficiários aposentados e pensionistas, que somam o valor de R$ 67,5 milhões a serem recebidos. Desses, 17.365 são inativos (R$ 40,3 milhões) e 7.917 são pensionistas (R$ 20,2 milhões). Os dados são da Secretaria de Estado de Administração e Gestão (Sead) e da Fundação Amazonprev.

Fonte: Agência Amazonas

Nenhum comentário