Últimas do Mix

Criança é salva de afogamento em Iranduba

 

FOTOS: Divulgação/CBMAM

O pai da criança agradeceu o trabalho dos Guarda-vidas em parceria com o Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas

Agentes comunitários, brigadistas e servidores da Guarda Municipal de Iranduba (a 27 quilômetros de Manaus), que participaram do Curso de Estágio de Capacitação a Guarda-vidas, realizado pelo Corpo de Bombeiros Militar do Amazonas (CBMAM), de 19 a 23 de dezembro, conseguiram salvar uma criança que estava se afogando no rio da Cachoeira do Castanho, na comunidade Nova Esperança, localizada no quilômetro 19 da rodovia AM-070 (Manoel Urbano), na manhã de ontem (25/12).

Segundo o comandante do 1º Pelotão Destacado Bombeiro Militar de Iranduba (1º PDBM), tenente BM Moab Pereira Briglia, a criança de seis anos caiu no rio e estava se afogando. O pai ainda tentou resgatar, mas não conseguiu. Foi quando os guarda-vidas, formados pelo CBMAM, agiram rapidamente, conseguiram mergulhar e resgatar do fundo do rio o menor de idade.

“O pessoal do curso que se formou na sexta-feira (23/12), foi quem salvou a vida da criança”, disse o Tenente Moab.

O pai da criança, Adriano Silva, de 33 anos, agradeceu o trabalho dos guarda-vidas em parceria com o Corpo de Bombeiros. “Nós queremos agradecer o trabalho do Corpo de Bombeiros e dos guarda-vidas que estão trabalhando aqui. Aconteceu uma situação, onde meu filho estava se afogando. Rapidamente, eles foram lá e salvaram a vida dele, porque a correnteza já estava levando seu corpo. E nós somos muito gratos por isso”, disse Adriano

O Comandante-Geral do CBMAM, coronel Orleison Ximenes Muniz destaca a importância dos cursos e instruções para as comunidades e servidores públicos do Amazonas.

“Somente este ano, o Corpo de Bombeiros formou através de cursos, estágios, instruções de nivelamento e palestras, 2.756 pessoas, entre comunitários e servidores públicos. Esses agentes, quando formados, ajudam bastante nas ocorrências do dia a dia, evitando, por exemplo, que pequenos incidentes se transformem em grandes ocorrências”, explicou o comandante Muniz.


Nenhum comentário