Últimas do Mix

Pilotos fazem paralisação e atrasam pousos e decolagens nesta segunda-feira (19)

 

Foto: Rafaela Felicciano/Metrópoles

Pilotos, copilotos e comissários de bordo de todo o Brasil fazem paralisação nesta segunda-feira (19/12). A greve dos aeronautas foi convocada na quinta-feira (15/12), e os profissionais vão cruzar os braços por pelo menos duas horas, das 6h às 8h. O protesto pode se repetir por prazo indeterminado.

Nesse domingo (18/12), a categoria rejeitou proposta apresentada pelo Sindicato Nacional das Empresas Aeroviárias (Snea) e manteve a paralisação. Alguns aeroportos brasileiros, como em Brasília, São Paulo e no Rio de Janeiro, estão com voos atrasados e até cancelados.

Segundo o Sindicato Nacional dos Aeronautas (SNA), serão atrasadas decolagens de voos nos aeroportos de Congonhas e Guarulhos, em São Paulo; Viracopos, em Campinas; Galeão e Santos Dumont, no Rio de Janeiro; Confins, em Belo Horizonte; Juscelino Kubitschek, em Brasília; Salgado Filho, em Porto Alegre; e Pinto Martins, em Fortaleza.

A ministra Maria Cristina Irigoyen Peduzzi, do Tribunal Superior do Trabalho (TST), estipulou multa de R$ 200 mil caso o sindicato não cumpra a decisão do tribunal. Segundo a magistrada, a paralisação de pilotos e comissários tem potencial para causar graves danos à população, especialmente por ocorrer em um período de aumento da demanda no transporte aéreo, com as viagens de fim de ano.

A categoria informou que seguirá seu “manual de greve”: 100% dos tripulantes estarão a postos, mas cerca de 1% a 2% deles vão atrasar alguns voos. O SNA garantiu que nenhum voo será cancelado e todas as viagens serão realizadas.

O que querem os pilotos e comissários

Os aeronautas reivindicam reajuste salarial de 10,9%, que representa recomposição inflacionária anual de 5,9%, somada a um aumento real de 5%.

Além disso, o sindicato pede que as companhias aéreas, representadas pelo Snea, cumpram outros pontos negociais, como um período máximo de espera entre os voos da tripulação.



Fonte: Metrópoles

Nenhum comentário