Últimas do Mix

Caso Dani Alves: polícia coletou restos de sêmen encontrados em banheiro de boate, diz jornal

Foto: Lance!
A polícia catalã coletou restos de sêmen no banheiro da boate onde Daniel Alves supostamente agrediu sexualmente uma mulher. A própria vítima declarou ter visto uma mancha branca no local em seu relato aos agentes logo após a ocorrência da agressão e policiais teriam recolhido o material na mesma noite. As informações são do jornal espanhol "El Mundo".

Ainda de acordo com o portal, a Justiça pode pedir a coleta do DNA de Daniel Alves para comparar com a amostra encontrada no banheiro.

O lateral-direito ex-Barcelona está preso preventivamente na Espanha desde a última sexta-feira. A suposta agressão sexual teria ocorrido em uma festa no dia 30 de dezembro do ano passado. A Justiça Espanhola pediu a prisão do jogador depois de ouvir depoimentos contraditórios do atleta sobre o caso.

Na última segunda-feira, o jornal "El Mundo" também publicou que uma tatuagem de Daniel teria sido decisiva para a prisão do jogador. A vítima teria descrito com detalhes uma meia-lua desenhada entre o abdômen e o pênis do atleta e, após questionamento da Justiça sobre a alegação, Dani teria mudado seu depoimento.Lance!

Compartilhar

Nenhum comentário