Últimas do Mix

Policial suspeito de matar mulher trans em motel vai a júri popular em Manaus

Foto: Reprodução/Redes Sociais
Jeremias Costa da Silva, o policial militar suspeito de assassinar a mulher trans Manuella Otto, dentro de um quarto de motel, localizado na avenida Samaúma, no bairro Monte das Oliveiras, zona Norte de Manaus, deve passar por júri popular após decisão em 1ª instância do Tribunal de Justiça do Amazonas (TJAM). 

A defesa do réu solicitou um habeas corpus para que ele respondesse pelo crime em liberdade, mas o pedido não foi aceito e o policial continua tentando algum tipo de recurso, aguardando análise em 2ª instância.

O crime aconteceu no dia 13 de fevereiro de 2021, e na última sexta-feira (19), amigos e familiares de Manuela Otto, se reuniram na frente da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), para pedir justiça pela morte da trans.

Em nota, o TJAM informou que “após transitar em julgado e havendo a manutenção da pronúncia, o processo será pautado para julgamento em plenário”.

Nenhum comentário