Últimas do Mix

Live Folclórica 2021 será realizada na Arena Amadeu Teixeira

 

FOTO: Michael Dantas/ SEC (Fotos do 63º Festival Folclórico do Amazonas, em 2019)

Evento será uma mostra não competitiva, sem público, e os grupos terão equipes reduzidas

O Governo do Amazonas, por meio da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, realizará a Live Folclórica 2021, entre os dias 18 e 22 de agosto, na Arena Poliesportiva Amadeu Teixeira. O evento será uma mostra não competitiva, sem público, e os grupos terão equipes reduzidas, devido aos protocolos de segurança e prevenção contra a Covid-19. A transmissão do evento será por meio das redes sociais (@culturadoam) e TV Encontro das Águas.

Ao todo, serão 68 grupos da Categoria Ouro, sendo 62 grupos de dança, quadrilhas, tribos e cangaços; e seis Bois-Bumbás, Master A e Master B. Cada grupo poderá ter até 30 participantes (brincantes, coordenação, músicos), sendo o mínimo de oito pares de brincantes e o máximo de 12. A Fundação de Vigilância em Saúde – Dra. Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP) realizará testes de Covid-19 em todos os participantes. Os grupos serão testados 48 horas antes de cada apresentação. Só poderá ter acesso à Arena quem testar negativo e portar a pulseira que comprova o resultado do teste.

O horário do evento será das 19h30 à 00h, entre os dias 18 e 20, e das 19h às 23h, nos dias 21 e 22. A transmissão será realizada no YouTube (Cultura do AM) e Facebook (@culturadoam) da Secretaria de Cultura e Economia Criativa, e da TV Encontro das Águas (@tvencontrodasaguass), todos os dias. No fim de semana em que se encerra o evento, a transmissão será também pela TV Encontro das Águas.

“Este é mais um evento teste, na mesma proposta da Live de Parintins. Ainda não é o momento para permitirmos público, nem o máximo de integrantes, mas queríamos poder lembrar o Festival Folclórico do Amazonas de uma forma segura, levando as danças e quadrilhas para dentro da casa do público, além de ajudar as famílias dos profissionais que há anos trabalham para tornar este festival possível”, declara o secretário de Cultura e Economia Criativa do Amazonas, Marcos Apolo Muniz.

O presidente da Associação Folclórica Boi Corre Campo, Alvacir Siqueira, que representa 29 grupos da Categoria Ouro, vê no evento a oportunidade de manter o Festival vivo. “A pandemia nos assola desde o primeiro trimestre de 2020 e, agora, obedecendo a todos os critérios de segurança, temos a oportunidade de manter viva a chama do Festival Folclórico. O evento também tem cunho social, que é justamente de ajudar as pessoas envolvidas nos grupos, que são afetadas diretamente com a falta dos eventos onde ganham o pão e o sustento de suas casas”, ressaltou.

O vice-presidente da Liga Independente dos Grupos Folclóricos de Manaus, Ricardo Moldes, afirma que o evento é um marco depois de quase dois anos sem atividades devido à pandemia. “A live é uma demonstração de que a cultura popular tem o seu lugar e, também, do compromisso do Estado com os grupos folclóricos. Este evento mostra a importância e valoriza cada brincante, cada costureira, cenografista e artista que fazem do folclore uma atividade bonita e um dos principais eixos de transformação cultural do Amazonas”, frisou.

Confira a programação 


18 de agosto

19h30 – Tribo Kayapós

19h45 – Dança Nordestina Nordeste Sangrento

20h – Tribo Tikunas Belezas Naturais

20h15 – Dança Internacional GAALD

20h30 – Quadrilha Tradicional Gald Na Roça

20h45 – Dança Nacional Afro Brasileira

21h – Cacetinho Tarianos do IFAM

21h15 – Quadrilhas de Duelo Mosqueteiros na Roça

21h30 – Quadrilha Cômica Pedro e Pedrita

21h45 – Quadrilha Tradicional 7 Quedas na Roça

22h – Dança Internacional Al-Karak

22h15 – Dança Nacional Candomblé Afro

22h30 – Boi Bumbá Clamor de Um Povo

19 de agosto

19h30 – Garrote Regional Estrelinha

19h45 – Tribo dos Maués

20h – Ciranda Explode Coração

20h15 – Dança Nordestina Justiceiros do Sertão

20h30 – Dança Regional Lendas e Povos da Amazônia

20h45 – Tribo Cuxi Miraíba

21h – Quadrilha Tradicional Faz Raiva na Roça

21h15 – Dança Nordestina Descendentes de Lampião

21h30 – Ciranda Força Jovem

21h45 – Cacetinho Baniwa

22h – Dança Internacional Caracalla

22h15 – Quadrilha de Duelo Em Busca da Paz

22h30 – Ciranda Imperatriz do Norte

22h45 – Boi Bumbá Tira Prosa

20 de agosto

19h30 – Garrote Regional Renascer

19h45 – Dança Regional Serafina

20h – Quadrilha Cômica Folia e Fuleiragem

20h15 – Quadrilha Tradicional Juventude na Roça

20h30 – Cacetinho Manau

20h45 – Quadrilha Tradicional Olinda na Roça

21h – Ciranda Sensação da Raiz

21h15 – Dança Nordestina Cangaceiros do Valle Perdido

21h30 – Quadrilha Tradicional Explosão Junina na Roça

21h45 – Quadrilha de Duelo Os Intocáveis na Roça

22h – Quadrilha Tradicional Caipira na Roça

22h15 – Ciranda Princesinha da Vila

22h30 – Dança Nacional Café do Ajuricaba

22h45 – Boi Bumbá Brilhante

21 de agosto

19h – Dança Alternativa Guardiões das Estrelas

19h15 – Quadrilha Tradicional Revolução na Roça

19h30 – Cacetinho Pida Djapá

19h45 – Quadrilha Tradicional Brotinho de Petrópolis

20h – Dança Alternativa Furacão Mistura de Ritmos

20h15 – Ciranda Rosas de Ouro

20h30 – Dança Nordestina Cabras de Lampião

20h45 – Ciranda Brotinhos do Coroado

21h -  Dança Alternativa Show Funk na Roça

21h15 – Cacetinho Waimiri Atroari

21h30 – Quadrilha Tradicional Marupiaras do Amazonas

21h45 – Dança Nordestina Cabras do Capitão Silvino

22h – Dança Nacional Café XV de Outubro

22h15 -  Boi Bumbá Carinhoso

22h40  – Boi Bumbá Garanhão

22 de agosto

19h – Dança Internacional Caxemira

19h15 – Tribo Manaú

19h30 – Quadrilha Cômica As Poderosas na Roça

19h45 – Dança Nacional Xote Noda de Cajú

20h – Quadrilha Tradicional Nhô Chico Junino

20h15 – Ciranda do Binha

20h30 – Dança Nacional Rancho Manauara

20h45 – Dança Regional do Curió

21h – Quadrilha Tradicional Jaq Na Roça

21h15 – Dança Nordestina Vingadores do Sertão

21h30 -Boi Bumbá Galante de Manaus

21h45  – Boi Bumbá Corre Campo

Nenhum comentário