Últimas do Mix

Vacina Amazonas: Iranduba será o primeiro município do interior a vacinar população de 12 a 17 anos

Foto: Roberto Carlos/Secom

O município de Iranduba inicia, nesta sexta-feira (13/08), a vacinação contra a Covid-19 em adolescentes de 12 a 17 anos com comorbidades.  A imunização desse público-alvo foi anunciada pelo governador Wilson Lima, na segunda-feira (09/08), quando também comunicou a intensificação da vacinação dos profissionais da educação e o início da vacinação dos jovens de 12 a 17 anos sem doenças pré-existentes na capital e em outros 11 municípios.

Equipes da Secretaria de Estado de Saúde (SES-AM) e da Fundação de Vigilância em Saúde Dra. Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP) estão no município, onde acompanham a estratégia de imunização e montagem da estrutura onde acontecerá a ação.

O secretário de Saúde, médico Anoar Samad, acompanhará o início da vacinação, a partir das 10h, na sede da Associação de Pais e Amigos dos Excepcionais (APAE). Iranduba será o primeiro município do interior do estado a iniciar a vacinação de pessoas com idades abaixo dos 18 anos.

Foram enviadas para o município 1.170 doses do imunizante da Pfizer/BioNtech (Comirnaty). De acordo com a FVS-RCP, a meta é vacinar no município 100 adolescentes com doenças pré-existentes e com alguma deficiência (física, motora ou intelectual).

A partir de segunda-feira (16/08), a FVS-RCP iniciará a distribuição das doses para atender a vacinação de adolescentes com comorbidades de todos os municípios do interior.

Os municípios de Parintins, Benjamin Constant, Itapiranga, São Gabriel da Cachoeira, Santo Antônio do Içá, Jutaí, Iranduba, Tefé, Barreirinha, Silves e Japurá receberão, ainda, lotes para a vacinação de adolescentes sem comorbidades, por terem alcançado 80% da meta de vacinação da população adulta.

Capital – Nesta sexta-feira também inicia a vacinação dos adolescentes na capital. A Secretaria de Estado de Saúde do Amazonas (SES-AM) vai apoiar a Prefeitura de Manaus na vacinação do público de 12 a 17 anos contra a Covid-19, no posto do Sambódromo com cerca de 100 profissionais. A ação vai permitir a abertura de mais 10 pontos no local e a intensificação da imunização.

O posto de vacinação do Sambódromo funciona desde o início da campanha na capital, sendo referência no atendimento pelo sistema drive-thru e também de pedestres. O posto é coordenado pela Fundação de Vigilância em Saúde Dr.ª Rosemary Costa Pinto (FVS-RCP), em parceria com a prefeitura de Manaus.

Nenhum comentário