Últimas do Mix

VÍDEO: Baratas em quiosque do McDonald's revoltam internautas

Baratas em quiosque do McDonald's revoltam internautas
Que tal encontrar várias baratas circulando dentro de um quiosque de sorvete?
 (Foto: Facebook/Santa Maria da Codipi/Reprodução)


Vídeo de baratas dentro do quiosque de sorvetes da rede de lanchonetes McDonald’s no Teresina Shopping, no Piauí, está causando nojo e revolta nos internautas.

“Olha o tanto de barata que tem aí”, diz um homem na gravação. “Deus! Tem que denunciar, gente…”, comenta uma mulher em seguida. “Estou filmando isso aqui. Isso aqui vai pra rede social”, retruca o responsável pelo vídeo.
 
As imagens dos insetos circulando no meio da área reservada a utensílios usados no preparo dos sorvetes foram compartilhadas no último domingo (22/8) nas redes sociais e acabaram viralizando.

"Imagina se a Vigilância [Sanitária] for às padarias onde a grande maioria não tem a devida higienização. Nos restaurantes também", comenta o usuário intitulado Inaldo Silva, no Facebook, em resposta ao vídeo compartilhado na página Santa Maria da Codipi.

"Bem feito pra quem acha que o shopping é famoso e mais limpo que uma lanchonete de bairro. Só digo uma coisa: as aparências se enganam. Bando de otários [sic] que se acham só porque tão [sic] comendo algum lanche de shopping", diz a usuária Luciana Aguiar em resposta ao mesmo post.

Dá para ver que, no momento da gravação, não havia funcionários do McDonald’s trabalhando no quiosque.



Respostas ao vídeo
Segundo matéria do portal G1, a Fundação Municipal de Saúde de Teresina diz ter enviado uma equipe da Vigilância sanitária ao local após a denúncia ter ganhado repercussão na internet.

Já a franquia da rede americana de fast food enviou nota ao portal de notícias da Globo, informando que já havia tomado conhecimento do vídeo e estava apurando os fatos. “Mas afirma que já adotou todos os procedimentos necessários. Informa ainda que possui rígidos procedimentos de limpeza, higiene e segurança do alimento, os quais são constantemente reforçados”.

O Teresina Shopping, por sua vez, não comentou o assunto ao G1, nem em suas redes sociais.





Fonte: Trends BR

Nenhum comentário