Últimas do Mix

Corpo é encontrado com bilhete do Comando Vermelho no peito em rua de Iranduba

Foto: Divulgação
Com um bilhete no peito, um homem identificado como Francisco Adriano, foi encontrado morto na manhã desta quinta-feira (04), com várias perfurações por disparos de armas de fogo no meio de uma rua do bairro Novo Amanhecer, no município de Iranduba (distante 27 Km de Manaus).

O bilhete tem assinatura de supostos integrantes da facção criminosa Comando Vermelho (CV). "Morri porque sou informante da RDA, vocês vão ser o próximo. Ass: CL e Bruno Ladrão, Tropa do Maquinista - CV AM", diz o bilhete escrito pelos assassinos.

Foto: Divulgação
De acordo com informações preliminares, Francisco teria sido sequestrado da casa em que morava na rodovia Carlos Braga, por volta de 2h de hoje, e horas depois, foi encontrado morto, sem roupas e com sinais de tortura. A vítima teria sido executada com armas de diversos calibres, entre eles, de escopeta; além disso, os criminosos abriram um buraco na região do queixo de Francisco.

O corpo da vítima foi removido ao Instituto Médico Legal (IML) e o crime deve ser investigado pela Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS), mas até o momento, não há informações sobre as identidades dos suspeitos.

RDA é a sigla dos Revolucionários do Amazonas, uma facção criminosa que se opõe ao Comando Vermelho. Também conhecida como ‘Os Crias’, a facção passou a atuar no Amazonas no início de 2020 e tem como objetivo principal, desmanchar o CV.

Nenhum comentário