Últimas do Mix

Corpos de vítimas da Covid-19 enterrados em covas coletivas em Manaus serão exumados

Foto: Alex Pazuello/Secom Manaus
Os corpos de 15 amazonenses que morreram vítimas de Covid-19, e foram empilhados e enterrados dentro de valas comuns em abril de 2020, serão exumados.

Nessa terça-feira (2), feriado de Dia dos Finados, o prefeito de Manaus, David Almeida, disse que cada uma dessas pessoas deve ser sepultada individualmente. "Nós já temos espaço para sepultá-las em sepulturas individuais de forma decente e honrada. E nós vamos trabalhar para fazer a exumação: entrar em contato com as famílias, pedir à Justiça e dar um sepultamento digno àquelas famílias, àquelas pessoas que não tiveram nem a oportunidade de ter uma cova, em função do momento difícil que Manaus passou no ano passado", afirmou.

Os corpos foram enterrados de forma coletiva por um colapso no sistema funerário que aconteceu na época do ápice de casos de Covid-19, quando ainda não haviam vacinas e o mundo não sabia como lidar com a doença.

A exumação e os sepultamentos individuais ainda não têm data para ocorrer, mas o local que vai receber esses corpos já foi anunciado. Será o cemitério Nossa Senhora Aparecida, no bairro do Tarumã, zona Oeste de Manaus.

Nenhum comentário