Últimas do Mix

'Detento tiktoker' é transferido para presídio de segurança máxima

Rotina compartilhada nas redes sociais pelo detento de dentro da cadeia. Foto: Reprodução
Um detento, que não teve o nome divulgado, foi transferido do presídio Dalton Crespo em Campos, no Norte Fluminense, para uma unidade de segurança máxima no Rio de Janeiro, após ser descoberto como ‘blogueiro’ dentro da cadeia.

De acordo com informações da Secretaria de Estado de Administração Penitenciária (Seap) do Rio, o preso compartilhava sua rotina na rede social Tik Tok. Nos vídeos divulgados nas redes sociais, o ‘blogueiro’ compartilhava imagens de seu café da manhã, limpeza da cela, jantar e uma partida de futebol durante o ‘banho de sol’.

Mesmo sabendo que é proibido o uso de parelhos celulares no presídio, o detento começou a compartilhar seus vídeos desde o dia 07 de outubro desse ano, mas só foi descoberto na última segunda-feira (01).

Os agentes penitenciários então fizeram uma revista nas celas e encontraram cerca de 17 aparelhos celulares, 13 chips de operadoras telefônicos, e uma pequena porção de drogas. "O mesmo sofrerá as devidas sanções disciplinares e será encaminhado, nesta terça-feira (02), para a Penitenciária de segurança máxima Laércio da Costa Pellegrino (Bangu 1), no Complexo de Gericinó", informou a Seap em nota.

O detento tem cerca de 2,5 mil seguidores nas redes sociais, mas um de seus vídeos, tem mais de 137 mil visualizações.

Além de publicar vídeos da rotina, o preso também interagia com os seguidores ao responder comentários. "Canta lili pra todos ", escreveu um seguidor fazendo referência a palavra liberdade. "Todos mesmo. Amém", respondeu o detento.



Nenhum comentário