Últimas do Mix

VÍDEO: milhões de caranguejos-vermelhos invadem estradas na Austrália

 

Todos os anos, milhões de caranguejos-vermelhos deixam as matas da ilha Christmas em direção ao mar na Austrália (Foto: Instagram/parksaustralia/Reprodução)

Vídeo que mostra milhões de caranguejos-vermelhos (Gecarcoidea natalis) deixando as matas da ilha Christmas, na região costeira da Austrália Ocidental, em direção ao oceano, está chamando a atenção dos internautas.

As imagens divulgadas em novembro pelo Parks Australia, serviço australiano de parques e jardins botânicos, trazem os “enxames” de crustáceos cruzando pontes, estradas e até invadindo residências para fugir do calor escaldante.

Segundo a emissora australiana 9 News, são tantos caranguejos que, de vez em quando, funcionários do Parque Nacional da Ilha Christmas precisa varrer os animais das estradas para que não sejam esmagados por automóveis.

No último domingo (14/11), de acordo com a emissora, moradores do distrito de Drumsite ficaram ilhados na região porque não puderam usar as estradas devido à grande quantidade de caranguejos-vermelhos.

Embora seja uma visão espetacular para muitos internautas, a migração não é uma novidade para quem vive na ilha Christmas. O evento ocorre todos os anos.



“O naturalista de renome mundial David Attenborough [apresentador da emissora britânica BBC] descreveu a migração do caranguejo-vermelho como ‘uma grande cortina escarlate descendo os penhascos e rochas em direção ao mar’ e considerou a filmagem do espetáculo um de seus 10 maiores momentos na TV”, comenta Bianca Priest, gerente interina do Parque Nacional da Ilha Christmas.

Ainda conforme a gerente, anualmente, o parque recebe milhares de turistas de todo o mundo que buscam testemunhar esse fenômeno da vida selvagem.

A migração começa com a estação chuvosa, geralmente em outubro ou novembro, informa a 9 News. Os machos iniciam a caminhada e são acompanhados pelas fêmeas da espécie, diz a emissora.

Assim que chegam ao mar, os caranguejos mergulham para recuperar a umidade e, então, começam a procriação. Após o acasalamento, os crustáceos machos voltam a mergulhar antes de iniciar a jornada de volta à floresta, conta a emissora australiana.




Trends Br*

Nenhum comentário