Últimas do Mix

Policial suspeito de matar sargento da PM em Manaus alega legítima defesa

Foto: Divulgação
Apontado como o principal suspeito de assassinar Tiago Jorge de Deus Melo, durante a madrugada desta quarta-feira (29), o cabo Jean Nascimento, alegou que cometeu o crime em legítima defesa.

Tiago era sargento da Polícia Militar do Amazonas (PM-AM), e foi assassinado com pelo menos cinco tiros após se envolver em uma discussão envolvendo a irmã do suspeito, a esposa de Tiago, que também é policial, e o sargento.

Em depoimento à Polícia, Jean afirmou que os tiros foram disparados em legítima defesa e para defender sua família.

Segundo o relato de testemunhas, a confusão entre vizinhos aconteceu na porta da casa da vítima, localizada no bairro Petrópolis, Zona Sul de Manaus,por volta de 1h40, quando o policial chegou em casa acompanhado da esposa e ao não conseguirem abrir o portão, o PM tentou pular o muro e acabou amassando o veículo do vizinho, o que desencadeou em uma briga. 

Entretanto, a quantidade de tiros chama a atenção dos investigadores e torna suspeito o depoimento do acusado. Mesmo assim, Jean foi liberado logo depois de prestar os devidos esclarecimentos.

Nenhum comentário