Últimas do Mix

Veterinário assassinado em clínica de Manaus teve morte encomendada pela própria irmã

 

Foto: Reprodução

Manaus - De acordo com as informações obtidas pelo site Amazonas 24h, a morte do defensor de animais Mauro Gomes de Souza, o ‘Mauro Animalesco’, teve sua morte encomendada pela sua própria irmã Maria Margareth Gomes de Souza, mais conhecida como ‘Mag’.

Conforme a fonte, Mag havia sido demitida da clínica em que trabalhava junto ao irmão após a vítima descobrir que a mesma havia desviado dinheiro de doações recebidas na qual era a responsável. 

Chateada com a demissão, Mag arquitetou a morte do irmão com o seu namorado Yuri, de 23 anos, e um menor de idade de 16 anos.

Com a morte de Mauro e do sócio dele, Isaac Ramos, Mag tinha planos de ficar com a clínica e as doações em dinheiro.

Para mudar o foco das investigações, Mag deu entrevistas para portais de notícias e até mesmo em emissoras de TV, afirmando que o assassinato poderia ter sido motivado desde a alguma briga de trânsito ou até mesmo por disputa de um terreno que seria utilizado para a construção de um galpão para acolhimento dos animais resgatados.

Mas conforme as informações do caso foram sendo apuradas pela polícia e as suspeitas levantadas, Mag não teve outra opção a não ser fugir do país para evitar a prisão.

Mag chegou a solicitar ajuda à Deputada Joana Darc e de outros protetores de animais para comprar uma passagem para Portugal, país onde ela possivelmente está foragida no momento.

Confira os prints


Diante dos fatos, a Polícia Civil do Amazonas solicita apoio junto a Polícia Federal para conseguir a prisão de Margareth junto à Interpol.









Nenhum comentário