Últimas do Mix

Vídeo: “Homem-Aranha” enforca e derruba criança após sair de trem da alegria

 

Reprodução

Os trenzinhos da alegria, como o próprio nome diz, buscam levar lazer por onde passam. Só que em Teófilo Otoni, no Vale do Mucuri, a diversão acabou virando caso de polícia. Tudo aconteceu após um funcionário vestido de Homem-Aranha ter enforcado e derrubado uma criança de 12 anos no chão. O caso foi registrado no último domingo (12). O profissional foi demitido pela empresa.

Nas imagens que circulam pelas redes sociais, é possível ver o Homem-Aranha se divertindo com pessoas que estavam próximas do trenzinho. O animador foi até um carro e buzinou. Na sequência, abordou um menino que estava em uma bicicleta e acompanhava o trajeto.

O animador segurou a criança pelo pescoço e a empurrou para trás. A vítima estava com apenas uma das mãos no guidom e acabou caindo. “Ô gente”, disse espantada a mulher que gravava o vídeo no momento em que tudo aconteceu.


Um tio do garoto, 31, estava no trenzinho e imediatamente desceu para ajudar o familiar. Conforme registrado pela Polícia Militar, o homem alegou que tentou impedir a continuidade das agressões. O animador, por sua vez, disse que o garoto estava pegando carona no veículo.

Seguranças chegaram a alertá-lo sobre a prática e ele negou ter agredido a vítima. O animador se defendeu dizendo ter esbarrado na bicicleta. Ele ainda contou ter sido ameaçado de morte pelo tio do menino.

O animador apresentava hematomas na testa em decorrência de um soco que levou. Apesar disso, dispensou atendimento médico. A criança recebeu os cuidados da uma tia.

Todos os envolvidos foram levados até a sede do 19º Batalhão. Um TCO (Termo Circunstanciado de Ocorrência) foi lavrado e a ocorrência encaminhado para o Juizado Especial Criminal de Teófilo Otoni.


Demissão

O animador envolvido na ocorrência foi demitido após a repercussão do caso. A informação foi passada ao BHAZ pelo grupo Trem Mineiro Diversões.

“O Trem Mineiro, que presta serviços na cidade há mais de 35 anos e é referência no entretenimento infantil e cultural, não compactua com qualquer prática que viola o respeito com quaisquer pessoas”, diz trecho da nota.

Os responsáveis pelo trenzinho destacaram que o animador “sempre apresentou boa conduta”, “boas referências” e sempre teve “conduta virtuosa”. “Desejamos que tudo seja esclarecido e que todas as partes resolvam-se de forma afável”. A nota pode ser lida na íntegra abaixo.


Nota do Trem Mineiro Diversões

“Diante o incidente propagado neste domingo, 12 de dezembro de 2021 no Trenzinho, o grupo Trem Mineiro Diversões informa que todos os protocolos legais estão sendo tomados.

Ressaltamos que a nossa empresa preza pela qualidade no serviço, cordialidade e apreço por todos os clientes, com instruções, treinamentos e todo apoio quanto a execução do trabalho, e reafirmamos que foi um fato isolado. Um desvio de conduta.

O Trem Mineiro, que presta serviços na cidade há mais de 35 anos e é referência no entretenimento infantil e cultural, NÃO compactua com qualquer prática que viola o respeito com quaisquer pessoas.

O animador em questão estava executando seu trabalho ao perceber que um jovem ciclista seguia o Trenzinho pela direita, paralelamente cercando os animadores, dificultando o trabalho dos mesmos. O jovem foi advertido pela segurança várias vezes mas não atendeu a ordenação, pois tais atitudes colocava em risco os colaboradores e o próprio ciclista, assim como acompanhamos um episódio fatal desse formato recentemente na cidade de Ipatinga. Assim, no calor do embalo, o colaborador tenta advertir o garoto de forma boçal – errônea – sucedendo o incidente.

Então o estado de alerta estava redobrado diante desses acontecimentos.

Na oportunidade informamos que o funcionário sempre apresentou boa conduta, também apresenta boas referências em outra empresa que presta serviços há mais de cinco anos, sempre com conduta virtuosa.

Desejemos que tudo seja esclarecido e que todas as partes resolvam-se de forma afável”.



Fonte: BHAZ

Nenhum comentário