Últimas do Mix

Casal de empresários suspeito de ordenar morte de sargento consegue liminar para deixar a prisão

Foto: Reprodução

Após decisão publicada na noite desta sexta-feira (18), do Ministro do Supremo Tribunal de Justiça (STJ), Reynaldo Soares da Fonseca da terceira seção, os réus Joabson Agostinho Gomes e Jordana Azevedo Freire conseguiram na justiça uma liminar para deixar a prisão

Segundo a defesa dos empresários argumentou, "não há nenhum fato novo que embasasse a prisão do casal", além de alegar que, "não há sequer indiciário, que aponte o casal como autor do fato criminoso em questão". 

Joabson Agostinho Gomes e Jordana Azevedo Freire, donos do grupo Vitória Supermercados, são suspeitos da morte do sargento do Exército Lucas Guimarães. Ambos negam envolvimento no crime.

Conforme investigações da Delegacia Especializada em Homicídios e Sequestros (DEHS) o crime que aconteceu em setembro de 2021, foi motivado após o sargento ter tido um caso com Jordana, casada com o empresário Joabson Agostinho que, ao descobrir a traição, mandou matar a vítima.

Nenhum comentário