Últimas do Mix

Homem morre após beber líquido de R$ 2 milhões no lugar de champagne

 

Homem achou que estava tomando champagne Moët & Chandon – Foto: Pixabay/Divulgação

Um momento de relaxamento e diversão com amigos em um restaurante da Alemanha terminou com a morte de um homem de 52 anos no domingo (13). Ele jantava com um grupo de pessoas em um restaurante italiano quando pediu uma garrafa de três litros do champagne Moët & Chandon, avaliado em R$ 3 mil reais, quando bebeu outro líquido e acabou morrendo.

De acordo com o jornal alemão Bild, Harald Georg Z. estava comemorando a participação de um amigo em um reality show de relacionamentos, quando, ao invés de champagne, ele consumiu ecstasy líquido (MDMA) em uma concentração tão alta que a polícia classificou como “veneno”.

Ao desconfiar da hipótese de troca do líquido, a polícia iniciou a investigação e três litros da droga tem valor estimado em R$ 2 milhões. Além do homem que morreu, outras sete pessoas foram encaminhadas ao hospital envenenadas e com sintomas como convulsão.

“Não foi droga, foi veneno”, disse o promotor público-chefe, Gerd Schäfer ao Bild.



Fonte: ND+

Nenhum comentário