Últimas do Mix

Ataque russo a base militar da Ucrânia perto da Polônia deixa 35 mortos

Foto: Divulgação

A Rússia bombardeou uma base militar no oeste da Ucrânia, perto da fronteira polonesa, neste domingo (13), matando 35 pessoas, enquanto o cerco das forças russas em torno de Kiev aperta.

A base militar atacada está localizada em Yavoriv, a cerca de 40 quilômetros a noroeste de Lviv, destino de milhares de deslocados internos, e a cerca de 20 quilômetros da fronteira com a Polônia, país membro da Otan.

Nos últimos anos, essas instalações receberam exercícios de treinamento do exército ucraniano com instrutores estrangeiros, principalmente do Canadá e dos Estados Unidos.

“A Rússia atacou o Centro Internacional de Manutenção da Paz e Segurança. Instrutores estrangeiros trabalham lá”, disse o ministro da Defesa ucraniano, Oleksii Reznikov.

“Este é um novo ataque terrorista contra a paz e a segurança perto da fronteira UE-Otan. Ações devem ser tomadas para impedir isso. Feche o céu!”, acrescentou, reitrando os apelos do governo ucraniao para que se crie uma zona de exclusão sobre a Ucrânia, algo que a Otan se recusa a fazer por medo de que o conflito se espalhe.

Os bombardeios causaram 35 mortes e 134 feridos, segundo um novo relatório do governador da região, Maxim Kozitsky. Anteriormente, as autoridades haviam relatado nove mortos e 57 feridos.

“O bombardeio aéreo foi realizado nos mares Negro e Azov. No total, os invasores dispararam mais de 30 mísseis. O sistema de defesa aérea ucraniano funcionou. Abatemos alguns mísseis no ar”, disse ele.

Exercício militar no Centro Internacional de Manutenção da Paz e Segurança da Ucrânia, perto de Yavoriv, na região de Lviv.
Reuters/Gleb Garanich

Nenhum comentário