Últimas do Mix

Ucrânia começou a usar o reconhecimento facial durante a guerra

Soldados russos e ucranianos já se enfrentam no campo de batalha: guerra sangrenta. Foto: EyePress News

Segundo matéria exclusiva da Reuters, publicada nesta segunda-feira (14), as forças que lutam contra a invasão russa estariam usando ferramentas de reconhecimento facial. A informação teria vindo do Ministério da Defesa ucraniano.

A startup Clearview AI, teria oferecido sua tecnologia para descobrir agressores russos, combater desinformação, reunir refugiados separados de suas famílias e identificar os mortos. A empresa teria afirmado, ainda, que não ofereceu seus serviços para os russos e que essa é uma “operação especial”. 

Contudo, o chefe executivo da empresa, Hoan Ton-That, afirmou que o propósito exato para o qual a Defesa da Ucrânia está usando a tecnologia não é claro.

Os críticos da tecnologia de reconhecimento facial afirmam que a ferramenta pode fazer falsos reconhecimentos e levar a prisões injustas, além de violar a privacidade das pessoas, como já teria acontecido nos Estados Unidos.

“Depois de introduzir esses sistemas e os bancos de dados associados a uma zona de guerra, você não tem controle sobre como eles serão usados ​​ou mal utilizados.”

No 18º dia de guerra entre Ucrânia e Rússia, as autoridades registraram bombardeio à base militar próxima da fronteira da Polônia, onde haveria militares estrangeiros e armamentos enviados pelos países aliados.

Nenhum comentário