Últimas do Mix

Leite contaminado com desinfetante é servido em escolas dos EUA

 

Freepik

Autoridades de saúde do condado de Camden, em Nova Jérsei, nos EUA, estão investigando o consumo de leite contaminado com desinfetante que envolveu mais de 50 alunos e um funcionário de quatro escolas na última quarta (30/3).

Segundo o jornal local Courier Post, as investigações preliminares apontam que o leite servido em caixas seladas de meio litro continha um desinfetante não tóxico usado no processo de embalagem.

“Infelizmente, muitas caixas foram preenchidas com o desinfetante, seladas e enviadas com o leite”, afirma o comunicado do Departamento de Saúde e Serviços Humanitários de Camden, citado pelo jornal.

A bebida tinha cheiro de antisséptico e as crianças e o funcionário da escola que a ingeriram foram levados para hospitais da cidade para exames. Todos foram liberados no final do dia sem danos à saúde, informa o Courier Post.

“Essa foi uma situação assustadora, mas felizmente, todos que foram expostos ao leite estão em condições estáveis e de volta à escola ou em casa”, afirma Paschal Nwako, oficial de saúde do condado, citado pelo jornal local.

O incidente afetou os Centros de Desenvolvimento da Primeira Infância do distrito, localizados nas ruas Pine e Mulford, bem como as escolas Yorkship Family School e a Veterans Memorial Family School.

O laticínio responsável pelo leite, Guida’s Dairy, de New Britain, em Connecticut (EUA), emitiu um comunicado na última quinta (31/3) dizendo que está descartando 1% das caixas de leite de meio litro com data de vencimento até 11 de abril. Segundo o laticínio, citado pelo Courier Post, “um desinfetante de grau alimentício diluído com água foi inadvertidamente introduzido durante a produção. O produto afetado não está disponível nas lojas de varejo para compra pelo consumidor”.

O distrito de Camden decidiu não servir mais leite nas escolas até que a investigação sobre a contaminação seja concluída.


Trends BR*

Nenhum comentário