Últimas do Mix

Prefeito David Almeida define projeto do Parque Encontro das Águas Rosa Almeida

Foto – Dhyeizo Lemos / Semcom

Um dos mais bonitos projetos do arquiteto Oscar Niemeyer, o Parque Encontro das Águas Rosa Almeida está mais próximo de sair do papel. Em reunião realizada nesta segunda-feira, 11/4, no Casarão da Inovação Cassina, localizado no centro da capital amazonense, o prefeito de Manaus, David Almeida, definiu, junto com o diretor-executivo do escritório de Niemeyer, Jair Valera, os últimos detalhes do local que terá como principal atração um mirante voltado ao encontro dos rios Negro e Solimões, um dos principais cartões-postais do município.


“Nos reunimos junto com a equipe do Implurb (Instituto Municipal de Planejamento Urbano) e com o representante do escritório desse grande nome da arquitetura mundial, que é o Niemeyer, para definir as últimas tratativas junto à empresa contratada para, muito em breve, iniciar as obras lá no Distrito Industrial, do Parque Encontro das Águas Rosa Almeida. Esse sonho começa a se tornar realidade”, enfatizou Almeida.

 

Um dos últimos projetos assinados pelo arquiteto Oscar Niemeyer, a ideia do parque surgiu em 2006, na então gestão do ex-prefeito e atual deputado estadual Serafim Corrêa. Na época, custou aos cofres da Prefeitura de Manaus cerca de R$ 600 mil.

 

De acordo com o presidente do Implurb, Carlos Valente, a iniciativa do prefeito David Almeida de retornar as tratativas para a implantação do projeto comprova o compromisso da gestão municipal de transformar a capital do Amazonas em uma das principais cidades do Brasil.

 

“Acho que até setembro já estaremos dando a ordem de serviço para o início das obras no parque. Estamos correndo para a finalização do projeto. Essa ação confirma que Manaus vai ter uma nova dinâmica de desenvolvimento urbano, de turismo, de lazer e de cultura. Esse é um projeto que começou em 2006, feito pelo Niemeyer. O prefeito David Almeida resgatou e mostra para a cidade de Manaus que projetos bons têm que ser tirados do papel. Costumo dizer que esse parque, devido ao local escolhido e o tamanho do projeto, é equivalente ao nosso Teatro Amazonas. Ele terá um grande número de visitas ao local, nacional e internacional. Ele será um motivo de orgulho para Manaus”, afirmou Valente.

 

Homenagens

 

Com vista privilegiada do Encontro das Águas, o parque receberá o nome de Rosa Almeida, mãe do prefeito David Almeida, que foi uma das vítimas da Covid-19, em 2020.

 

Outro homenageado com a obra será o próprio projetista, o arquiteto Oscar Niemeyer, morto em 2012. Para o diretor-executivo do escritório, Jair Valera, o parque eterniza ainda mais o nome do artista.

 

“Esse projeto foi pensado pelo Oscar e com essa retomada, será também uma homenagem a ele, que adorava esse projeto e será uma grande honra participar. É um projeto muito grande e tenho certeza de que receberá muitos visitantes. É um local especial, único mundialmente, onde podemos contemplar um espetáculo da natureza”, finalizou o diretor-executivo.

Nenhum comentário