Últimas do Mix

Prefeitura oferece 15 pontos de vacinação contra Covid-19 neste sábado em Manaus

Foto – Camila Batista / Arquivo Semsa

Dando continuidade à campanha de vacinação contra a Covid-19, a Prefeitura de Manaus disponibiliza, neste sábado, 30/4, um total de 15 pontos de atendimento na capital. A oferta das doses dos imunizantes aos sábados vem sendo operacionalizada pela Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), para que as pessoas que não podem ir às estações de vacinação nos dias úteis, tenham a oportunidade de se proteger das formas graves da doença, com a vacina.

Dos 11 locais de vacinação para o público de 12 anos e mais, o shopping Phelippe Daou, na zona Leste; o Studio 5, na zona Sul; e o sambódromo, na zona Centro-Oeste da cidade, são pontos estratégicos que funcionarão das 9h às 16h. As demais estações de vacinação funcionarão nas Unidades Básicas de Saúde da Semsa, cujos endereços podem ser conferidos pelo link  http://bit.ly/localvacinacovid19 e também nas redes sociais da Semsa, irão atender o público das 8h às 12h.

Para as crianças de 5 a 11 anos, a Semsa estruturou pontos de vacinação nos cinco pontos estratégicos já tradicionais que funcionarão em todas as zonas geográficas da cidade. Na zona Norte, o shopping Via Norte, no Monte das Oliveiras, funcionará das 10h às 16h. Todos os outros, funcionarão das 9h às 16h: Studio 5 Centro de Convenções, no Distrito Industria, e Parque Cidade da Criança, no Aleixo (zona Sul); Sesi Clube do Trabalhador, no bairro Coroado, na zona Leste, e sambódromo, na avenida Pedro Teixeira, na zona Oeste.

Os endereços de todos os pontos, com os horários de funcionamento e as vacinas disponíveis, podem ser verificados pelo link http://bit.ly/vacinacovid-criancas.

O secretário municipal de Saúde, Djalma Coelho, reforça que a vacinação contra a Covid-19 é fundamental para controlar a infecção pelo novo coronavírus e faz um alerta direcionado aos pais e responsáveis.

Dados do vacinômetro de Manaus desta sexta-feira, 29, indicam que 116.202 crianças de 5 a 11 anos receberam a primeira dose da vacina, enquanto apenas 38.654 receberam a segunda. Esse segmento está dentro do prazo para receber a segunda dose do esquema vacinal, que é de dois meses para crianças de 5 a 11 anos que foram vacinadas com a Pfizer pediátrica, e de 28 dias para as que têm entre 6 a 11 anos vacinadas com o imunizante Coronavac.

“Analisando a cobertura vacinal das crianças, nos preocupamos com a discrepância entre as que receberam a primeira dose em relação às que completaram o esquema vacinal. Apelamos aos pais que as levem amanhã em um dos cinco pontos para que se vacinem. É importante assinalar que apesar de o cenário epidemiológico ser favorável no momento, não podemos baixar a guarda”, alertou.

As crianças e os adolescentes devem comparecer aos pontos de vacinação acompanhados dos pais ou responsáveis, que precisam apresentar a caderneta ou o cartão de vacinação, documento de identificação com foto, Cartão do SUS ou CPF. Para os adolescentes imunossuprimidos, que podem receber a terceira dose dois meses após a segunda, devem apresentar laudo que comprove sua condição de saúde.

A população na faixa etária dos 18 aos 59 anos, pode receber, além da primeira dose, a terceira, depois de quatro após receber a segunda. Já os idosos com mais de 60 anos podem tomar a terceira dose depois de três meses após a segunda dose e o de imunossuprimidos pode tomar a terceira dose do imunobiológico após 28 dias da segunda dose da vacina.

O Ministério da Saúde também orienta que a quarta dose seja administrada para imunossuprimidos e idosos com 70 anos ou mais, que são mais vulneráveis às formas graves da Covid-19, se estes tiverem tomado a terceira dose há quatro meses.

Nenhum comentário