Últimas do Mix

Prefeitura amplia horário de vacinação contra a Covid-19 em unidades de saúde

 

Fotos – Camila Batista / Arquivo Semsa

A Prefeitura de Manaus ampliou o horário de vacinação contra a Covid-19 nas unidades de saúde da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa) que operam com salas de vacina para a imunização contra a doença. A medida, de acordo com o titular da Semsa, Djalma Coelho, visa facilitar o acesso da população ao serviço e garantir maior adesão dos usuários aos imunizantes.

As unidades de horário regular, que ofereciam a vacina das 9h às 16h, passam a atender das 8h às 17h, e as de horário estendido, que também vacinavam das 9h às 16h, agora funcionam das 8h às 20h, de segunda a sexta-feira, e das 8h às 12h, aos sábados. Em média, 50 unidades distribuídas em todas as zonas geográficas da cidade ofertam a vacina contra a Covid-19 ao longo da semana e aproximadamente 10 abrem aos sábados.

A lista com os locais de atendimento e os horários de funcionamento, atualizada diariamente, pode ser conferida no site da Secretaria (semsa.manus.am.gov.br) e nas redes sociais oficiais (@semsamanaus no Instagram e Semsa Manaus no Facebook).

“Centralizamos a vacinação nas unidades de saúde e agora estamos expandindo o horário para oferecer uma nova alternativa às pessoas que precisam se vacinar”, destaca Djalma Coelho, informando que levar os serviços para mais perto do cidadão é uma das orientações do Sistema Único de Saúde (SUS) e uma diretriz da gestão do prefeito David Almeida.

O secretário observa que o estímulo à vacinação tem sido permanente e, ainda assim, um número expressivo de usuários está em atraso com a segunda dose e com a dose de reforço. “Mais de 200 mil pessoas ainda não completaram o esquema vacinal e aproximadamente 600 mil já poderiam, mas ainda não se vacinaram com a terceira dose”.

Djalma destaca que a vacina ainda é a medida mais eficaz de enfrentamento à pandemia e que o relaxamento na atualização vacinal é um risco à saúde de todos. “Estamos em um cenário de tranquilidade, mas o aumento no número de casos em alguns lugares é um alerta, por isso, orientamos mais uma vez que as pessoas aptas a iniciar, completar ou reforçar o esquema vacinal, procurem um dos nossos pontos de atendimento o quanto antes”.

A primeira dose está disponível para a população acima de 5 anos e a primeira dose de reforço (terceira dose no caso da CoronaVac, AstraZeneca e Pfizer e segunda dose no caso da Janssen), pode ser tomada pelo público acima de 12 anos. A quarta dose (segundo reforço) também está disponível para públicos específicos: pessoas acima de 50 anos, trabalhadores da saúde e imunossuprimidos, de acordo com as recomendações do Ministério da Saúde.

Os adolescentes de 12 a 17 anos de idade formam o grupo mais recente a ser contemplado com a terceira dose. Em Manaus, eles começaram a ser vacinados nesta terça-feira, 31/5, e a expectativa é de que quase 130 mil jovens nessa faixa etária procurem os pontos de vacinação.

Nenhum comentário