Últimas do Mix

Andreas se declara ao Flamengo: “Eu amo o clube, não é uma despedida”

 

Alexandre Vidal / Flamengo

Nessa quarta-feira (29/6), Andreas Pereira jogou sua última partida com a camisa do Flamengo na vitória sob o Tolima pelo jogo de ida das oitavas da Libertadores. Marcando o gol da vitória e sendo eleito o melhor da partida, foi a despedida do Belga-brasileiro.

O contrato de empréstimo se encerra nesta quinta (30/6) e o clube carioca não chegou a um acordo com o Manchester United para manter o jogador que reencontrou o bom futebol praticado antes da fatídica falha na final da Libertadores.

Considerado por muito um dos melhores jogadores da equipe atualmente, Andreas participou diretamente de de 5 dos últimos 13 gols marcados pelo Flamengo (3 gols e 2 assistências).

Os números são frutos da crescente que o jogador estava vivendo no Rubro-Negro que chegou a retomar a titularidade na equipe. A última partida em que Andreas começou entre os reservas foi contra o Sporting Cristal pela fase de grupos da Libertadores no dia 24 de maio.

Mesmo vivendo boa fase, o inicio de temporada foi diferente. Andreas começou a temporada com atuações inconsistentes que fizerem o jogador perder a titularidade e ainda vivia com a rejeição de grande parte da torcida. De qualquer maneira, o Flamengo havia chegado a um acordo com o United pela permanência do jogador porém, o clube nunca chegou a sacramentar de fato o acordo da compra de 50% do atleta por 10 milhões de euros.

Recentemente o técnico Dorival Júnior declarou que gostaria de contar com o jogador. Além do treinador, o auxiliar Lucas Silvestre também exaltou a qualidade do meio-campista.

“É até difícil a gente falar. O Andreas é um dos grandes profissionais com quem eu trabalhei. Não é porque ele está do meu lado aqui (que estou falando isso). Tecnicamente, taticamente, com um entendimento de jogo fantástico.”

Desde o final de 2021, Andreas Pereira deixa claro que gostaria de permanecer no Flamengo, porém, em sua última coletiva, explicou que não depende apenas dele.

“Não sou dono do meu nariz. O Manchester que decide essas coisas também. Já deixei claro que gostaria de permanecer, mas não está nas minhas mãos 100%. Vou conversar com todos para ver o que é melhor para mim e para o clube. O ano foi incrível, apesar de não ter ganhado os títulos. Amo o clube, sou Flamengo.” afirmou Andreas.

Além disso, o jogador fez questão de declarar seu amor ao clube carioca. “Eu amo o clube, não é uma despedida.”

Andreas Pereira retorna ao Manchester United e já tem negociações avançadas com o Fulham da Inglaterra.

Metrópoles*

Nenhum comentário