Últimas do Mix

Atirador mata 2 homens e espalha terror em dia do Orgulho LGBTQ em Oslo

Foto: Terje Pedersen / NTB / AFP
Pessoas se escondiam aterrorizadas em um porão de um bar LGBTQ em Oslo, ligando desesperadamente para seus entes queridos, enquanto um atirador espalhava terror e matava duas pessoas, além de ferir 21, no dia em que a capital norueguesa celebraria sua parada anual do Orgulho LGBTQ.

As autoridades disseram que o suspeito, um cidadão norueguês de 42 anos de origem iraniana, seria um islamita radicalizado com histórico de problemas mentais que já estava mapeado pelos serviços de inteligência desde 2015.

O ataque ocorreu na madrugada de sábado, com vítimas baleadas dentro e fora do London Pub, um antigo centro da cena LGBTQ de Oslo, bem como nas ruas vizinhas e em outro bar no centro da capital norueguesa.

As vítimas são dois homens em torno de 50 e 60 anos, disse a polícia em um comunicado.

“Tudo indica que este foi um ataque de um extremista islâmico”, disse o primeiro-ministro da Noruega, Jonas Gahr Stoere, em entrevista coletiva.

“Nós (ainda) não sabemos se a comunidade gay era o alvo pretendido, mas sabemos que ela é vítima”, acrescentou.

Bandeiras do arco-íris simbolizando a comunidade do Orgulho LGBTQ estavam em exibição constante em Oslo nesta semana, mas a parada planejada para este sábado foi cancelada a conselho da polícia.


Nenhum comentário