Últimas do Mix

Ator de 'Senhora do Destino' está desaparecido há cinco dias e família pede ajuda: "Estamos preocupados"

Agles Steib e Adriana Lessa, em Senhora do Destino (2004), e Agles Steib atualmente (Foto: João Miguel Júnior/TV Globo e Reprodução/Facebook)

O ator, diretor e roteirista Agles Steib, de 38 anos - que interpretou Maikel Jackson, filho de Rita de Cássia, vivida por Adriana Lessa, em Senhora do Destino, trama exibida originalmente na TV Globo, em 2004 - está desaparecido há cinco dias. De acordo com a maquiadora e cabeleireira dos Estúdios Globo e acompanhante de idosos Leonete Carol, de 62 anos, mãe do artista, ele viajou para a Bolívia para tentar uma oportunidade de trabalho. Carol explicou que o filho teria pegado o ônibus errado, em Santa Cruz de La Sierra, e ido parar na Argentina quando tentava retornar ao Rio de Janeiro. Desde então, ele não se comunicou mais com a família. Com isso, a mãe do ator não sabe dizer se ele está perdido na Argentina ou se já chegou ao Rio de Janeiro.

 

"Ele estava na Bolívia, foi tentar a vida lá. Porque aqui no Rio estava muito difícil [o mercado de trabalho para a área dele]. Mas ele não foi com muito dinheiro. Tem um tempinho que ele foi e resolveu voltar, mas já não estava com muito dinheiro. E ficamos preocupados. Ele falava ao telefone com a gente até uns cinco dias atrás, e parou de se comunicar. Ele parou numa cidade e disse que ia ver se conseguia uma quantia para poder comprar a passagem. Depois, parou de dar notícia. Não sei se ele não tem crédito para falar comigo, não sei se teve algum problema no chip do celular. Estou supernervosa, gostaria de saber o paradeiro dele. Estamos preocupados. Ele falou: 'mãe, eu acho que vou dormir na rua'. E estamos incomunicáveis!", conta, aflita.

 

Leonete afirma que, antes de ir para a Bolívia, Agles morava com ela. "Eu tinha um apartamento na Barra, mas não tenho mais. Tive muitos problemas financeiros por conta da pandemia e ele morava comigo e com a filha dele mais velha, a Mariana, de 15 anos [ele ainda é pai de Maria Luiza, de 4 anos]. Depois da pandemia, ele ficou sem trabalho. E eu também. Agora trabalho como prestadora de serviços na TV Globo, sou frila. Trabalhei com o elenco de 'Malhação' por sete anos seguidos. Já maquiei e fiz cabelo de muita gente: André Marques, Camila Pitanga, Deborah Secco, Juliana Paes...", enumera.


Após Senhora do Destino, Carol conta que Agles passou a dirigir esquetes de teatro cristão, além de se ocupar da Steib Produções, empresa que leva o seu sobrenome e na qual produzia trabalhos para o cinema, o teatro, além de clipes e publicidade. "A produtora parou de funcionar por causa da Covid-19. Ele dava aula de dramaturgia e estava fazendo vídeos, pagava câmera, iluminador. Nunca compramos uma câmera boa para ele, mas ele conhece muita gente por causa da TV. Ele deu aula até no Retiro dos Artistas. Fazer a primeira novela das 21h aos 18 anos não é para qualquer um. Ele fez o filme estrangeiro, Turistas. Passou por um teste com mais de 500 atores negros. O diretor escolheu o Agles. Eles queriam um menino com o rosto doce", afirma, voltando a expressar sua aflição com o sumiço do filho. "Todo mundo está bem preocupado. Mas acho que, se fosse algo grave, a gente já saberia. Tento pensar assim. O filho homem é mais independente, não dá notícia. Mas a gente, como mãe, pensa em tudo de ruim. A única coisa boa que penso é que notícia ruim chega rápido. É preocupante e complicado." 

 

Agles Steib em 2021 (Foto: Reprodução/Facebook)

 

Fonte: Quem

Nenhum comentário