Últimas do Mix

Bebê de 3 meses morre após suspeita de espancamento por babás

 

Reprodução

Um bebê de 3 meses vítima de espancamento, teve a morte cerebral confirmada nesta quinta-feira (21/7), após passar três dias internado em Florianópolis (SC). A suspeita da Polícia Civil é de que a criança tenha sido espancada por um casal que presta serviço como babás, em Caçador, Região Oeste do estado.

O menino estava internado desde segunda-feira (18/7), em um hospital da capital catarinense após dar entrada na emergência com lesões corporais e cerebrais e em quadro de parada cardiorrespiratória.

A mãe do bebê é venezuelana e tem mais um filho, de 2 anos. Ela veio com uma tia e um primo para o Brasil em busca de melhores condições de vida. A criança ficava sob responsabilidade do casal enquanto a mãe trabalhava.


Investigação

O casal de cuidadores suspeitos de agredir o bebê está presos preventivamente. A prisão foi em flagrante. Os dois foram indiciados por lesão corporal grave, com uso de procedimentos usando dispositivos previstos na Lei Henry Borel, aprovada em 24 de maio.

Os suspeitos têm 19 e 21 anos. Além das lesões no rosto,cabeça, costas e nádegas, havia provas de que eles teriam praticado o "shaken baby", que é quando um adulto chacoalha uma criança rápido e agressivamente.

O Ministério Público de Santa Catarina (MPSC) apura se o casal de babás agredia outras crianças para as quais prestavam o serviço de cuidadores. A defesa argumenta que não foi cometida nenhuma agressão, e que "os fatos merecem uma investigação mais aprofundada, e serão esclarecidos durante a instrução processual". 

Até o momento, eles são os únicos suspeitos do caso.


Correio Braziliense*

Nenhum comentário