Últimas do Mix

Giovanna Ewbank e Taís Araujo choram ao falar sobre racismo: ‘Não passou nada que seus filhos passaram’

Foto: reprodução/youtube

Taís Araujo foi a convidada do “Quem Pode, Pod”, apresentado por Giovanna Ewbank e Fernanda Paes Leme, na última terça-feira (02). O programa, que foi gravado com antecedência, foi ao ar menos de uma semana depois do ataque racista que Titi e Bless, filhos de Ewbank e Bruno Gagliasso, sofreram em Portugal.

O papo teve vários momentos, como a carreira da convidada e relacionamentos. Ao falar de maternidade, o assunto chegou no racismo que as crianças poderiam sofrer.

“Você me falou sobre a sua escola, que você estudou numa escola particular e que você sempre viu, na sua escola, mulheres pretas em posição de servir. E me falou: ‘Só te peço para que você tenha essa visão na hora de escolher a escola da sua filha, e eu estou aqui para te ajudar, para o que você precisar”, relembrou.

“Fiquei pensando muito assim: o que é que vai ser da vida de uma menina negra, africana, criada por dois brancos, loiros, de olhos azuis em que o mundo só está a serviço deles?”, refletiu Taís. Nesse momento, Titi, a filha mais velha do casal, chegou no estúdio, levando a mãe ao choro.

“A infância de uma criança negra é muito dura nesse país, e de uma criança negra com uma situação financeira como a deles sobretudo, porque ela vai ter muitos privilégios, muitos acessos, mas, ao mesmo tempo, é de uma solidão imensa”, completou.

Em outro momento Taís analisou como é o enfrentamento ao racismo e a diferença entre a reação de pessoas brancas e negras. “Eu entendo você, Giovanna. Você não passou nada do que seus filhos passaram, vão passar e estão passando. Entendo total a sua revolta. ‘Tem que ir pra porrada!'”, começou. “Só que a gente toma porrada desde sempre. Você dando porrada em outra pessoa branca é encarado de outra maneira que eu dando porrada em uma pessoa branca! É o famoso: ‘Vocês que são brancos, que se entendam”, finalizou.



Nenhum comentário