Últimas do Mix

Madrasta é presa após abusar sexualmente de menino de 3 anos em Manaus

Imagem Ilustrativa. Foto: Pixabay | Banco de Imagens

Uma mulher de 48 anos, foi presa por estupro de vulnerável cometido contra seu ex-enteado. O crime ocorreu entre os anos de 2012 e 2016 e, à época, a vítima tinha entre 3 e 6 anos. A ação foi deflagrada por policiais civis da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (Depca) nesta terça-feira (16).

De acordo com a delegada Joyce Coelho, titular da unidade especializada, a prisão ocorreu no bairro Colônia Santo Antônio, zona norte.

“As diligências iniciaram após a vítima, na companhia de sua genitora, comparecer à unidade policial, em 2017, relatando que o menino havia sofrido abusos sexuais e que a autora seria a ex-companheira da mãe da vítima”, falou.

Ainda segundo a titular, em depoimento, a criança disse que costumava ficar sozinho com a infratora quando voltava da escola, ocasião em que ela aproveitava para cometer os atos libidinosos.

“Após o cometimento do crime, a mulher ainda dizia para o menino não contar os fatos à sua mãe, fazendo com que ele se sentisse coagido a contar”, disse.

O mandado em nome da infratora foi expedido no dia 1º de agosto deste ano, pela juíza Carla Alexandre Simão Cordeiro, da 2ª Vara Especializada em Crimes Contra Dignidade Sexual de Crianças e Adolescentes.

A mulher foi condenada a 20 anos de prisão por estupro de vulnerável e ficará à disposição da Justiça.

Nenhum comentário