Últimas do Mix

Dono de lancha pede desculpas a familiares de vitimas e diz que não imaginava que isso ia acontecer

 

Foto: Divulgação
O responsável pela lancha clandestina que naufragou na semana passada, e, até o momento, deixou 22 vítimas, foi detido ontem em Ananindeua, na região metropolitana de Belém, não quis falar com os jornalistas e seguiu direto para a sala de interrogatório.

Oliveira era considerado foragido desde sexta-feira (9), quando a Justiça decretou sua prisão preventiva. De acordo com os investigadores, ele ficou escondido na casa de parentes durante esse período

“Peço [desculpas] do fundo do meu coração aos familiares pelas perdas. Eu jamais pensei que isso havia de acontecer um dia na minha vida”, afirmou Oliveira, e se justificando indicando que a causa do acidente foi o mau tempo e o tronco de uma árvore que teria danificado o motor.





Nenhum comentário