Últimas do Mix

Ganhador da Mega-Sena é encontrado morto com marcas de agressão físicas

 

Foto: Divulgação
Polícia Civil informa que vítima, que havia ganhado R$ 47,1 milhões na loteria em 2020, teria sido abordada enquanto fazia uma caminhada nesta terça-feira. Foram feitas tentativas de saques milionários; até a última atualização desta reportagem, ninguém havia sido preso.

Um homem de 55 anos, ganhador de R$ 47,1 milhões na Mega-Sena em 2020, morreu nesta quarta-feira (14) em Hortolândia, no interior de São Paulo, depois de ter sido encontrado com sinais de espancamento às margens da Rodovia dos Bandeirantes (SP-348). Jonas Lucas Alves Dias chegou a ser socorrido e levado ao hospital, mas não resistiu. O médico da unidade atestou traumatismo cranioencefálico como causa da morte.

A Polícia Civil apurou que foram realizadas diversas tentativas de saques, uma delas de R$ 3 milhões, durante o período em que a vítima esteve desaparecida. Até a última atualização desta reportagem, ninguém havia sido preso.

A informação é a de que Jonas Lucas saiu para fazer caminhada na manhã desta terça-feira (13) e não voltou para a casa. A advogada da família relatou à polícia que o homem havia levado apenas carteira e documentos. Ao final do dia, como não foi mais possível contatá-lo, familiares registraram ocorrência de desaparecimento na delegacia eletrônica.

A vítima foi socorrida na manhã desta quarta por uma ambulância da concessionária da rodovia e encaminhada ao Hospital Mário Covas.

Kléber Altale, diretor do Departamento de Polícia Judiciária de São Paulo Interior 9 (Deinter-9), disse ao g1 que as equipes estão empenhadas em esclarecer o homicídio e prender os responsáveis. Ele determinou a participação da equipe do Departamento Estadual de Investigações Criminais (Deic) de Piracicaba, também no interior paulista.

Martha Rocha de Castro, delegada do Deic, informou que as diligências já começaram a ser realizadas e que a equipe deve dar apoio necessário à delegacia de Hortolândia.

Fonte: G1

Nenhum comentário