Últimas do Mix

PF realiza operação contra acusados de fraudes ao INSS


Governo Federal/Divulgação

A Polícia Federal cumpriu nesta terça-feira (13), mandados de prisão e de afastamento das funções no município de Água Branca, no Piauí, localizado a 100 km da capital, Teresina. Os alvos seriam integrantes de uma associação criminosa especializada em fraudar benefícios do salário-maternidade.

Ao todo, foram identificados 373 benefícios, supostamente fraudulentos e que estariam vinculados à associação criminosa. O prejuízo efetivo ao INSS, Instituto Nacional do Seguro Social, é de pelo menos R$ 1,2 milhão.

Nesta terça, foi determinado o bloqueio judicial das contas bancárias de quatro pessoas que estariam envolvidas e também foram cumpridos mandados de busca e apreensão, todos expedidos pela 1ª Vara Federal de Teresina.

Segundo a polícia, dirigentes do Sindicato de Trabalhadores Rurais e um servidor público aposentado do INSS estariam forjando documentos e processos administrativos para que fossem concedidos benefícios a pessoas que não eram trabalhadoras rurais.

Os investigados podem responder pelos crimes de associação criminosa, corrupção ativa e passiva, falsidade ideológica e estelionato.

Tentamos contato com representantes do Sindicato de Trabalhadores Rurais de Água Branca, no Piauí, mas, até o fechamento dessa edição, não obtivemos retorno.

Fonte: Agência Brasil


Nenhum comentário