Últimas do Mix

Polícia faz buscas por homem que agrediu e sufocou enteado de 4 anos

 

Reprodução

A Polícia Civil busca pelo homem que agrediu uma criança em Niterói, na Região Metropolitana do Rio de Janeiro. 

Imagens de câmeras de segurança mostram o agressor e o menino entrando no elevador de um prédio no dia 20 de fevereiro. Em um determinado momento, o homem, identificado como Victor Possobom, se aproxima e sufoca a criança, empurrando a cabeça dela contra a parede.

Vídeos:

Em um outro vídeo, eles aparecem no hall do prédio, e o homem realiza o mesmo ato de sufocamento por alguns segundos.

A delegacia de Icaraí investiga o caso. A mãe do menino, Jessica Jordão, já prestou depoimento. Ela tem um relacionamento há alguns anos com o agressor e os dois têm uma outra filha, de um ano. Ele ainda tem um filho de outro relacionamento. Segundo pessoas próximas, Victor sempre foi agressivo.

Mulher relata tortura e abuso

Jessica confirmou à BandNews FM que tentou sair de casa, mas foi levada para um apartamento na Região Oceânica. Segundo ela, Victor a agrediu, torturou e violentou. Ela diz que ficou em cárcere privado e não podia nem usar o telefone.

Além disso, ela diz que chegou a engravidar dele após os abusos e, no dia 21 de julho, perdeu o bebê. Jessica conta que a mãe de Victor foi até um hospital em São Gonçalo com ela para o feto ser retirado. Quando voltou para o apartamento, as agressões continuaram. Ela só conseguiu fugir no dia 27 de julho.

De acordo com a defesa de Jessica, o síndico denunciou as agressões na delegacia e no conselho tutelar. No entanto, somente após as imagens serem divulgadas a delegacia procurou a mãe da criança.

A advogada da mulher diz que Victor sequestrou a própria filha do casal de um ano.




Fonte: Band

Nenhum comentário