Últimas do Mix

Vídeo mostra suposto ataque terrorista com faca em Ansbach, na Alemanha

Fotos: Twitter/SylviaFeddersen/Reprodução

Um homem armado com uma faca e que teria gritado “Allahu akbar” (“Deus é o maior”) feriu duas pessoas em uma cidade do sul da Alemanha na última quinta (8/9) antes de ser morto a tiros pela polícia, informa o tabloide britânico Daily Mail.

O suspeito de 30 anos atacou vários transeuntes em um estacionamento perto da estação de trem em Ansbach, cidade que fica na região alemã da Bavária e próxima a Nuremberg.

Duas pessoas ficaram feridas, mas sem risco de morte, de acordo com o tabloide. Quando as forças de segurança chegaram ao local, o rapaz “atacou um policial”, que abriu atirou contra ele e o matou.

As autoridades policiais de Ansbach estão investigando o possível “contexto islâmico ou terrorista” do ataque, informa o Daily Mail.

“O homem gritou ‘Allahu akbar’ várias vezes durante a prática do crime”, diz a polícia no comunicado, acrescentando que estava investigando se o crime seria fruto de um ato terrorista.

Vídeo que seria do ataque está circulando nas redes sociais, Ele mostra o homem armado com a faca perseguindo pessoas em um estacionamento.

Na gravação, ele aparece vestindo um colete azul marinho sobre uma camiseta branca, e aparece afrontando um grupo de pessoas em um estacionamento – dá para ver que uma lâmina comprida está em sua mão direita.

Quando ele se aproxima do grupo, de repente começa a correr em direção a eles. As pessoas fogem do suspeito. Som de sirenes pode ser ouvido se aproximando do local. Gritos também foram registrados na filmagem, mas as palavras “Allahu akbar” não aparecem ou não são audíveis.

O vídeo termina com o homem correndo por um caminho e fora de vista atrás de uma cerca viva. Algum tempo depois, o homem foi morto a tiros pela polícia, segundo o tabloide britânico.

A cidade de Ansbach foi palco de um ataque terrorista em 2016, quando um homem-bomba feriu 15 pessoas do lado de fora de um bar de vinhos. Ele foi identificado como Mohammad Daleel – exilado sírio de 27 anos que havia prometido lealdade ao Estado Islâmico. O terrorista foi a única vítima fatal do ataque.


Nenhum comentário