Últimas do Mix

Prefeitura de Manaus intensifica serviços de recomposição asfáltica no Distrito Industrial 2

 

Foto – Márcio Melo /Seminf

A Prefeitura de Manaus tem intensificado obras de infraestrutura urbana levando melhorias aos bairros, com um trabalho de qualidade realizado em todas as zonas da cidade. As ações programadas semanalmente seguem um cronograma executado pelos servidores da Secretaria Municipal de Infraestrutura (Seminf). Nesta quarta-feira, 19/10, as equipes trabalham na recuperação asfáltica em aproximadamente 1,2 quilômetro da avenida Flamboyant, comunidade Novo Horizonte, Distrito Industrial 2, zona Leste. As obras foram iniciadas de forma emergencial na via com fluxo intenso de veículos.

Devido à grande extensão da via, os trabalhos foram divididos em etapas. Na primeira fase, foi trabalhada a base e a sub-base, e agora as equipes fazem a aplicação da nova camada asfáltica. A ação, realizada por dez servidores, tem auxílio de retroescavadeira, caçambas, rolo compressor e rolo compactador, para deixar a via com uma trafegabilidade segura.

De acordo com o engenheiro da Seminf responsável pela fiscalização do serviço, Edson Júnior, os Distritos de Obras têm realizado visitas técnicas diariamente e programado os serviços nos bairros.

“Caímos em campo e ouvimos os anseios da população, que convive diariamente com os problemas e os conhecem melhor do que ninguém.  Esse trabalho em conjunto é uma determinação do prefeito David Almeida e do secretário de Obras, Renato Júnior. Estamos atuando de forma enérgica e solucionando os problemas com serviços de qualidade”, ressaltou o engenheiro.

De acordo com relato de moradores, há mais de 10 anos a avenida Flamboyant não recebia nenhum tipo de infraestrutura. Para Roger Gomes da Silva, 64, morador da área, é a primeira vez que a via recebe um serviço dessa qualidade.

“Estou admirado com esse serviço de excelência que está sendo realizado em nossa avenida. Estávamos precisando há muitos anos e só o David Almeida para olhar para os bairros mais humildes e tão esquecidos. Mas graças a ele, isso é coisa do passado, e saímos da exclusão. Agora estamos sendo lembrados e valorizados”, afirmou o morador.


Nenhum comentário