Últimas do Mix

Para Governo Federal, relatório das Forças Armadas não exclui a possibilidade de fraude nas urnas eletrônicas


Foto Divulgação

Brasil - Na manhã desta quinta-feira (10/11), o Governo Federal, através do Ministério da Defesa, soltou uma Nota Oficial no qual expõe o relatório produzido por técnicos das Forças Armadas não exclui a possibilidade de fraudes nesta eleição.

Segundo a nota emitida, houve possível risco à segurança na geração dos programas das urnas eletrônicas devido à ocorrência de acesso dos computadores à rede do TSE durante a compilação do código-fonte; os testes de funcionalidade das urnas (Teste de Integridade e Projeto-Piloto com Biometria), da forma como foram realizados, não foram suficientes para afastar a possibilidade da influência de um eventual código malicioso capaz de alterar o funcionamento do sistema de votação; houve restrições ao acesso adequado dos técnicos ao código-fonte e às bibliotecas de software desenvolvidas por terceiros, inviabilizando o completo entendimento da execução do código, que abrange mais de 17 milhões de linhas de programação.

Nesse sentido, o Ministério da Defesa solicitou ao Tribunal Superior Eleitoral a realização de uma investigação técnica sobre o ocorrido, sugerindo a criação de uma comissão específica de técnicos renomados da sociedade e de técnicos representantes das entidades fiscalizadoras.

Nenhum comentário