Últimas do Mix

'Quadrilha do Pix' simulava som de escritório e seguia roteiro anotado para aplicar golpes por telefone

 

Imagem: Reprodução/R7

Um homem foi detido e outro fugiu após a polícia ter encontrado uma casa que era usada por uma "quadrilha do Pix" na Brasilândia, zona norte de São Paulo, na tarde de quinta-feira (3). De acordo com a investigação, os suspeitos simulavam sons de escritório para aplicar o golpe nas vítimas.

Equipes da Dise (Delegacia de Investigações sobre Entorpecentes) de Taboão da Serra foram até o endereço, na rua Mercedes Baravelle Fraga, para investigar um ponto de venda de drogas.

Quando estavam no local, os agentes observaram um homem que fugia pelo telhado. Após entrarem no imóvel, os policiais encontraram um escritório montado com seis notebooks que eram utilizados nos golpes.

De acordo com a Polícia Civil, a quadrilha punha páginas no YouTube com áudios de escritório para ajudar a enganar as vítimas quando falavam ao telefone.

No local, foram encontradas anotações com o roteiro que os golpistas deveriam seguir para abordar as vítimas ao telefone. A princípio, eles se identificavam como vendedores de seguro de automóveis.

No imóvel, os agentes encontraram também uma porção de maconha, uma balança de precisão e papel para embalagem de drogas, o que sugere que o local também era usado para tráfico de entorpecentes.

O caso foi encaminhado e é investigado pela Dise de Taboão da Serra.




Fonte: R7

Nenhum comentário