Últimas do Mix

Vídeo: Multidão fura bloqueio contra Covid na China e exibe frustração com Partido Comunista

Fonte: reprodução/vídeo
Multidões derrubaram grades e contenções na cidade de Guangzhou, no sul da China, destinadas a impedir a circulação de moradores para frear um surto de coronavírus. As cenas começaram a circular nas redes sociais nesta segunda-feira (14). 

O ato de revolta, incomum para o país, reforça as demonstrações de ressentimento público contra a rígida política de Covid zero imposta pelo Partido Comunista no início da pandemia e que perdura com relativa severidade até hoje.

A frustração pública é a implacável política de Covid zero da China – que usa bloqueios instantâneos, testes em massa, rastreamento extensivo de contatos e quarentenas para eliminar infecções assim que surgem.

Entre os surtos de Covid mais recentes na China, o de Guangzhou é o maior, com novas infecções diárias chegando a 5.000 casos.

Vídeos compartilhados no Twitter mostraram cenas caóticas no distrito de Haizhu, com pessoas correndo pelas ruas e protestando contra trabalhadores vestidos com trajes de proteção brancos. 

A rede social é bloqueada na China, e várias hashtags relacionadas ao
tópico "motins" na região foram removidas do Weibo, equivalente chinês à plataforma, na manhã desta terça-feira (15).

Nem o governo da cidade de Guangzhou nem a polícia da província de Guangdong responderam aos pedidos de comentário da agência
de notícias Reuters.


*Com informações da Reuters e Folha

Nenhum comentário