Últimas do Mix

Por dívida de R$ 39 milhões, Arena da Amazônia e Amadeu Teixeira têm energia elétrica cortada

A Arena da Amazônia e Arena Amadeu Teixeira tiveram a energia elétrica cortada pela Amazonas Energia nesta terça-feira (24) , por falta de pagamento das contas. A concessionária informou que a dívida já supera o valor de R$ 39 milhões.

A Amazonas Energia informou  também que realizou sucessivas tentativas de negociações amigáveis e com notificação prévia executou o corte das unidades consumidoras, consideradas serviços não essenciais e, portanto, passíveis de corte, perante a lei.

A manobra de corte por inadimplemento, precedida de comunicação, está prevista no art. 360 da Resolução nº 1.000/2021 – ANEEL, sendo enviada de forma escrita ao Governo do Estado.

Em nota, a Fundação Amazonas de Alto Rendimento (Faar) afirmou que está negociando a regularização da dívida desde julho de 2022. 

Leia a nota na íntegra:

A Fundação Amazonas de Alto Rendimento (Faar) informa que desde julho de 2022 vem negociando junto a Amazonas Energia a regularização dos débitos, que se acumulam desde 2008, sendo os maiores valores dessa dívida contraídos em gestões anteriores a esta.

A Faar busca um acordo para as pendências, inclusive considerando as dívidas acumuladas que a Amazonas Energia possui com o Estado, superiores às devidas pela Fundação.

Paralelamente a isso, a Fundação já efetuou o pagamento de parte do débito e segue aberta a novas negociações com a companhia”.

Nenhum comentário