Últimas do Mix

Por ordem de facção, dupla mata vulgo 'Gaspar' dentro de presídio em Itacoatiara

Foto: Reprodução/Portal LCJ
Dois detentos transferidos para o presídio do município de Itacoatiara (distante 170 Km de Manaus), que não tiveram as identidades divulgadas, supostamente mataram um indivíduo identificado como 'Gaspar' apontado como um dos maiores pistoleiros de uma facção criminosa.

De acordo com a Polícia Civil (PC-AM) do município, só haviam os dois homens e Gaspar dentro da mesma cela, mas que pela proximidades que as celas tem uma das outras, sendo possível ouvir as vozes de outros detentos, alguém teria mandado que a dupla cometesse o assassinato. Outro fato ressaltado pela Polícia, é que após a morte ser de fato concluída, outros detentos comemoraram a morte do rival.

Alcunha Gaspar, era suspeito de assassinar pessoas nos bairros Da Paz, Prainha, Jauari ll, e Conjunto Cidadão todos cometido entre setembro a novembro desse ano em Itacoatiara e de muitas outras tentativas de homicídio. Gaspar ainda passaria por julgamento na Justiça.

"Gritos, batendo o cadeado", afirmou o delegado da Polícia Civil de Itacoatiara, Lázaro Mendes, ao relatar a cena que presenciou após a morte de Gaspar.

A dupla que matou o pistoleiro foi transferida do município de Barreirinha para o presídio de Itacoatiara, e não haviam informações sobre os crimes cometidos pelos dois homens. Gaspar foi supostamente morto por asfixia.

O delegado também tranquilizou as famílias dos outros detentos que já estavam pagando suas sentenças a mais tempo, afirmando que foi um caso isolado, e que não houve revolta dentro da unidade prisional ou fuga de nenhum dos presos.

Nenhum comentário