Últimas do Mix

Facção comemora morte de rival fuzilado em viatura da Polícia em Manaus; ouça áudio

Foto: Divulgação
Um áudio que está sendo compartilhado nos aplicativos de mensagem desde a noite dessa quinta-feira (06), menciona a morte do detento Matheus Danilo Barros Dias, o vulgo 'Percata', de 24 anos, fuzilado em um ataque criminoso ocorrido na frente do Forúm Henoch Reis, localizado na avenida Paraíba, no bairro São Francisco, Zona Sul de Manaus.

De acordo com informações preliminares, o áudio foi gravado e compartilhado por um suposto 'saldado 'da facção criminosa Comando Vermelho (CV), identificado como 'Maik Diamante', do bairro Compensa, Zona Oeste de Manaus.

Em um dos áudios, o soldado debocha da situação e negou ter participado do ataque. "Fala para o Percata pegar os milhão dele para comprar ao menos um caixão de ouro para ele lá, esse otário, esse filho da put*. Já falei para ti seu otário que eu só me meto em missão 1008, essas missãozinhas assim não são minhas, eu gosto de me meter em missão alta", disse.

Matheus era ex-integrante da facção criminosa Comando Vermelho (CV), e decidiu se afastar do CV para integrar a RDA, que é uma fusão entre ex-membros da antiga Família do Norte (FDN) e o Primeiro Comando da Capital (PCC).

A Polícia Civil (PC-AM) acredita que o ataque ocorrido na frente do Fórum Henoch Reis, onde três presos foram fuzilados dentro de uma viatura policial, tendo dois mortos: Matheus e Antônio Marlon Silva dos Santos, e apenas um sobrevivente, Patrick Regis de Sena, que ficou com o braço dilacerado, tenha sido coordenada pelo CV.

Com a divulgação desses áudios, pode haver uma nova guerra do tráfico em Manaus. Confira:

Nenhum comentário