Últimas do Mix

Prefeitura comemora aniversário de idosos do projeto ‘Viver Bem na Terceira Idade’

Foto – Ingrid Anne/FDT

A Prefeitura de Manaus realizou, nesta quarta-feira, 16/2, uma comemoração para os aniversariantes do mês fevereiro que fazem parte do projeto “Viver Bem na Terceira Idade”, executado pela Fundação Dr. Thomas (FDT), por meio do edital de chamamento público com recursos do Fundo Municipal de Direitos do Idoso (FMDI). A confraternização ocorreu de forma simultânea em três dos nove núcleos que compõem a iniciativa. Nos demais grupos a ação acontecerá nesta quinta e sexta-feira, 17 e 18/2.

O objetivo do projeto é descentralizar as atividades oferecidas pelo Parque Municipal do Idoso (PMI) e promover lazer, convívio social, ocupação e recreação para idosos em outras zonas da capital amazonense.

A diretora-presidente, Martha Moutinho, ressalta a importância de comemorações como essa para saúde do idoso. “Um dos fatores que contribuem para a qualidade da saúde psicológica e desenvolvimento em manter vínculos de amizade é fundamental para evitar o isolamento e desencadear distúrbios comuns nessa fase da vida, como a depressão e sentimentos de abandono. O ‘Viver Bem na Terceira Idade’ é um projeto que me emociona, por saber que tantos idosos em vários núcleos estão sendo beneficiados”.

A festa dos aniversariantes teve bolo, salgados, alegria e muita dança. O evento seguiu todos os protocolos de segurança para evitar a propagação da Covid-19, os idosos usaram máscaras, álcool em gel e respeitaram o distanciamento recomendado.

De acordo com o coordenador-geral do projeto, Aldévio Praia Junior, foi mais uma oportunidade para que os idosos pudessem socializar, além de comemorar bastante mais um ano de vida dos colegas aniversariantes.

“Nós trabalhamos com comunidades bem carentes, a maioria das pessoas que está neste projeto há muito tempo não tem esse tipo de comemoração em casa. Por isso, nós procuramos da melhor maneira possível fazer um evento bacana para os idosos, para que eles sejam sempre beneficiados. Proporcionamos algo agradável, que além da qualidade de vida, trabalha o lado humano, da socialização e da alegria”, pontuou o coordenador.

Dona Maria Auxiliadora, 67, é coordenadora do núcleo “Vitória Alegre”, localizado no bairro Grande Vitória, zona Leste, que atende, atualmente, 96 idosos. Para ela é uma felicidade imensa realizar uma festa para os 16 aniversariantes de fevereiro.

“É uma satisfação para eles, porque muitos não têm condições de fazer um aniversário, eles dizem que vão apenas passando o tempo, festejar é difícil. A gente sabe que muitos deles ainda é chefe de família, sustenta a casa com um salário mínimo, não têm condições de comprar um bolo. Então a gente faz esse aniversariante do mês com todo carinho”, comentou.

Dona Rosa Maria completou 66 anos no último dia 12 e ficou muito grata por poder comemorar com os amigos. “É um momento de alegria, algo importante, principalmente com tudo isso que estamos vivendo diante dessa pandemia. Estou feliz em estar aqui dançando e festejando o meu aniversário”, concluiu.

Antes dos parabéns, os idosos mostraram que estão cheios de energia e dançaram bastante. Raimundo Fernandes, 69, era um dos mais animados. “O projeto nos oferece muitas atividades diferentes e todas são maravilhosas. Vejo que as pessoas estão vindo participar, estão se dedicando, porque essas ações são muito importantes para todos nós”, pontuou.

Dona Ivaneide de Souza, 68, conta que, após ser diagnosticada com um sopro no coração, ficou muito deprimida e encontrou no projeto “Viver Bem na Terceira Idade” uma oportunidade para voltar a sorrir. “Sem dúvida, aqui eu esqueço de tudo, dos problemas, das doenças. Isso aqui não pode parar, porque muitas pessoas, assim como eu que faço tratamento no coração, precisam dessa alegria. Esse projeto é incrível”, disse.

 

Atividades
As atividades oferecidas pelo programa são artísticas e recreativas em geral, palestras educativas, além de eventos como aniversariantes do mês, bailes e datas festivas, Jogos Idoso Saudável (JIS), manhã recreativa na Ponta Negra, esportes adaptados: voleibol, atletismo, futsal e basquetebol, ginástica terapêutica, caminhada orientada, danças, passeios e jogos de salão: dominó, baralho, dama, entre outros.

 

Núcleos
Ao todo, o projeto atende mais de 500 idosos em diferentes áreas de Manaus. Os núcleos que fazem parte são: Vitória Alegre (rua Tocantinópolis, nº 254, bairro Grande Vitória); Idosos do Coroado (rua Dom Bosco, nº 230, bairro Coroado 2); Fonte de Águas Vivas (rua Senador Leitão da Cunha, nº 98C, bairro São Francisco); Amigos da Cachoeirinha (avenida Carvalho Leal, nº 1.151, bairro Cachoeirinha); Orquídeas (rua Penetração 3, bairro Japiim 3); Girassol (rua Padre Francisco, bairro Santo Antônio); Amigos da Melhor Idade (rua Mares do Sol, bairro Gilberto Mestrinho); Anos Dourados (rua A-4, n 1.100 – Japiim 2); e Unidos em Cristo (Igreja Santa Clara, bairro João Paulo 2).

Nenhum comentário