Últimas do Mix

Justiça notifica Petrobras sobre o preço dos combustíveis

Petrobras foi notificada pela Secretaria Nacional do Consumidor sobre o reajuste no preço dos combustíveis

Nesta última quinta-feira, 10, a Petrobras anunciou um reajuste de 18,7% no preço da gasolina, de 24,9% no preço do diesel, e de 16% no valor do gás de cozinha. Os novos preços entraram em vigor nesta sexta-feira, 11.

Na notificação foram pedidos documentos e informações para que a equipe do Ministério analisasse a inevitabilidade do reajuste, como o valor médio praticado nos últimos meses, o volume de produção, taxa de refino e as medidas adotadas para reduzir os preços. Além de explicações de como as variações do preço do barril no mercado internacional influenciam no preço praticado no mercado brasileiro.

Desde 2016 a Petrobras é obrigada a seguir uma política de preços de paridade internacional. Instituída pelo governo Temer e sua equipe econômica, encabeçada por Henrique Meirelles, a política de preços atrela o preço dos produtos de petróleo vendidos no Brasil aos praticados nos mercados internacionais.

A ideia por trás dessa política é favorecer a importação de gasolina, abrindo espaço para que mais empresas surjam na área e aumente-se a competitividade, o que deveria levar a uma redução geral nos preços.

De acordo com a Petrobras, o novo reajuste veio para ajustar o preço dos derivados de petróleo após os sucessivos aumentos que o artigo sofreu com o conflito na Ucrânia.


Nenhum comentário