Últimas do Mix

Kiev adverte para alta probabilidade de ataques russos com mísseis

O Ministério britânico da Defesa afirma que a Rússia está a esgotar as suas munições de precisão Oleg Petrasyuk - EPA

O Estado-maior do exército da Ucrânia advertiu esta segunda-feira para a "alta probabilidade de ataques com mísseis" das forças russas. O aviso surge no dia em que Moscovo assinala do Dia da Vitória sobre a Alemanha nazi na II Guerra Mundial.

Segundo as chefias militares ucranianas, a Rússia destacou perto de 19 batalhões táticos para a região russa de Belgorod, sobre a linha de fronteira com a Ucrânia. Estes batalhões incluem aproximadamente 15.200 operacionais, tanques, baterias de mísseis e outros tipos de armamento.

Em algumas zonas da região de Zaporizhia, as forças russas estão, de acordo com Kiev, a proceder à "apreensão de documentos pessoais da população local sem uma boa razão". As autoridades ucranianas alegam que as forças russas estarão a forçar as populações locais a participar nas comemorações do Dia da Vitória.A Praça Vermelha, em Moscovo, foi palco esta segunda-feira do tradicional desfile militar de 9 de maio.

Com base no relatório diário dos seus serviços de informações militares, o Ministério britânico da Defesa afirma que a Rússia está a esgotar as suas munições de precisão. Tal situação deverá resultar no recurso a armamento impreciso, que pode disseminar ainda mais a devastação em solo ucraniano.

O relatório britânico estima que, embora a Rússia tenha afirmado que "as cidades ucranianas estariam, portanto, a salvo de bombardeamentos", as munições imprecisas representam um risco em crescendo.

"Como o conflito continua além das expectativas russas do pré-guerra, as reservas russas de munições guiadas com precisão provavelmente já se esgotaram".

"Isto obrigou à utilização de munições antiquadas, mas disponíveis, que são menos fiáveis, menos precisas e mais facilmente intercetadas", refere o relatório.

Londres acrescenta que a Rússia "provavelmente terá dificuldades para substituir o armamento de precisão que já gastou".


*RTP

Nenhum comentário