Últimas do Mix

Homem é preso suspeito de estuprar sobrinhas em Manaus

 

Foto: Divulgação

Na manhã desta quarta-feira (13), um homem de 62 anos foi preso, suspeito de abusar sexualmente das próprias sobrinhas, no bairro Armando Mendes, zona leste de Manaus.

Além de serem abusadas sexualmente, as vítimas trabalhavam nos comércios do tio e eram ameaçadas com arma de fogo, que posteriormente foi encontrada e apreendida pelos agentes da Polícia Civil no momento da prisão do suspeito.

A delegada Joyce Coelho, titular da Delegacia Especializada em Proteção à Criança e ao Adolescente (DEPCA), explicou que as sobrinhas vinham de uma comunidade de Careiro Castanho para trabalhar na capital e o acusado foi que se ofereceu para abrigar e cuidar das meninas.

“Primeiro veio uma adolescente que aos 13 anos começou a ser abusada sexualmente pelo tio-avô. Hoje essa menina tem 17 anos e não tinha coragem de denunciar. Uma irmã dela que hoje conta com 16 anos também passou pelos mesmos abusos e teve a coragem de gravar uma das cenas de abuso. Na semana passada ela  compareceu na delegacia e fez a denúncia”, explicou a delegada.

O homem que é empresário na capital, dizia enquanto praticava o crime que estava ajudando a corrigir a orientação sexual de uma das vítimas, que nos últimos tempos estava se revelando como homossexual para a família.

“Esta adolescente sofreu o que nos chamamos de estupro corretivo. Aos 14 anos, ela relatou na sua fala, que ela começou a se descobrir homossexual e o estupro corretivo foi usado por ele como desculpa para que ela se consertasse, que isso não era normal, que os pais não iam aceitar e que ele iria ajudá-la. Isso também configura tortura psicológica”, disse a delegada. 

O tio das meninas irá responder por estupro de vulnerável, por exploração de trabalho infantil e também pela posse ilegal de arma de fogo.


Nenhum comentário