Últimas do Mix

Auxílio Brasil começa a ser pago nesta segunda (19); veja calendário

 

Imagem: shutterstock

O Ministério da Cidadania começa a liberar, nesta segunda-feira (19), o pagamento do Auxílio Brasil de R$ 600 às famílias beneficiadas. Os depósitos vão até o dia 30. Diferentemente do que ocorreu em agosto, o governo federal decidiu não antecipar o calendário de pagamento dos valores, embora tenha feito estudos para isso.

Neste mês, o benefício será pago a 20,65 milhões famílias, 450 mil a mais do que em agosto, quando 20,2 milhões tiveram direito à renda. Principal aposta de Bolsonaro nas eleições, o benefício de R$ 600 é temporário e será pago só até dezembro. A partir de janeiro de 2023, o governo prevê pagar R$ 405.

Os depósitos ocorrem conforme o final do NIS (Número de Identificação Social). Primeiro, recebem os cidadãos com NIS final 1 e assim sucessivamente, até chegar em quem tem cartão com final zero.

Calendário do Auxílio Brasil de setembro

Final do NIS Data do depósito

1 19/set.

2 20/set.

3 21/set.

4 22/set.

5 23/set.

6 26/set.

7 27/set.

8 28/set.

9 29/set.

0 30/set.

O valor pago neste mês segue em R$ 600, embora Bolsonaro tenha prometido, no horário eleitoral, pagar R$ 200 a mais. Não há liberação orçamentária, embora a legislação permita benefícios extras dentro do próprio auxílio.

Segundo o Ministério da Cidadania, em média, as famílias vão receber R$ 607,52. Em setembro não haverá o pagamento do vale-gás, que ocorre a cada dois meses. Em agosto, as famílias beneficiárias chegaram a receber R$ 710, somando R$ 600 de auxílio mais R$ 110 de vale-gás.

Quem tem direito ao Auxílio Brasil

Têm direito ao Auxílio Brasil os cidadãos que fazem parte de famílias em extrema pobreza, com renda de até R$ 105 por pessoa da família (per capita), em situação de pobreza, com renda entre R$ 105,01 e R$ 210 por pessoa da família (per capita), ou em regra de emancipação, que é quando o beneficiário conquista um emprego formal, mas segue com direito ao benefício se a renda por pessoa da família for de até R$ 525.

Para receber, no entanto, é preciso estar inscrito no CadÚnico (Cadastro Único). O cidadão precisa fazer uma pré-inscrição pelo site ou aplicativo e, depois, confirmar os dados nos Cras (Centro de Referência da Assistência Social) das prefeituras. O prazo para confirmação é de até 120 dias.

Segundo a Cidadania, em setembro, com a inclusão de 450 mil famílias, a fila do CadÚnico para quem tem direito ao Auxílio Brasil está zerada.

Como é o pagamento do Auxílio Brasil

Os novos beneficiários recebem um cartão em casa, por meio dos Correios, para fazer a retirada dos valores. Além do benefício, o novo cartão também tem a função débito. A distribuição começou no final de junho, mas nem todos vão receber.

Quem já fazia parte do Programa Bolsa Família pode usar o mesmo cartão para o saque dos valores. A retirada do dinheiro segue sendo feita nas agências da Caixa Econômica Federal, nas casas lotéricas e nos correspondentes bancários Caixa Aqui.

Segundo a Caixa, também é possível receber por meio do Caixa Tem, com a abertura da poupança social digital. A conta é acessada por aplicativo. Nele, é possível fazer compras, pagar boletos, contas de água, luz e telefone, e fazer transferências, saques sem cartão nos caixas eletrônicos e nas lotéricas.

O beneficiário do Auxílio Brasil também pode utilizar o cartão social para saque da conta dos valores nas agências da Caixa e nos caixas eletrônicos.

O calendário de pagamento é liberado no início do ano. Se não houver mudanças, as datas de depósitos de outubro, novembro e dezembro já estão definidas.


CONFIRA O CALENDÁRIO DE PAGAMENTO DO AUXÍLIO BRASIL em 2022

Final do NIS Outubro Novembro Dezembro

1 18 17 12

2 19 18 13

3 20 21 14

4 21 22 15

5 24 23 16

6 25 24 19

7 26 25 20

8 27 28 21

9 28 29 22

0 31 30 23




Folhapress*

Nenhum comentário