Últimas do Mix

Envolvidos na morte de Melquisedeque tem audiência marcada para outubro

(Foto: Reprodução/Facebook)

Está marcado para o dia 3 de outubro, o julgamento de Janderson Cabral Cidade, de 20 anos, Lucas Lima, de 35 anos, e Emerson de Souza Arevalo, de 24 anos, envolvidos na morte do indígena Melquisedeque Santos do Vale, de 20 anos, durante um assalto dentro de um ônibus enquanto o jovem retornava do trabalho para casa. O crime aconteceu no dia 16 de dezembro de 2021.

Segundo a denúncia do MP-AM (Ministério Público do Amazonas),  no dia do crime, Lucas e Davi recolhiam os pertences dos passageiros quando Janderson atirou na cabeça de Mélqui. 

Lucas foi preso em 16 de março e Janderson no dia seguinte, ele confessou para para a polícia ter atirado contra Melquisedeque.

Todos devem responder pelo crime de latrocínio.

O caso ganhou repercussão, após familiares relatarem a história do jovem que havia acabado de conquistar o primeiro emprego.Imagens como o crachá de Melquisedeque viralizaram nas redes sociais, além da cesta natalina e um panetone que foi encontrado junto ao corpo e que o indígena nunca chegou a entregar como havia prometido para a mãe.

Leia também: 




Nenhum comentário