Últimas do Mix

Prefeitura de Manaus esclarece dúvidas sobre o acompanhamento em saúde do Auxílio Brasil

Foto – Divulgação / Semsa
A Prefeitura de Manaus informa que os beneficiários do programa Auxílio Brasil, que substituiu o Bolsa Família, precisam realizar pelo menos um acompanhamento, a cada seis meses, nas Unidades Básicas de Saúde (UBSs). Essa é uma das condicionalidades que o Governo Federal exige para garantir a permanência dos usuários no programa.

A chefe do Núcleo de Alimentação e Nutrição da Secretaria Municipal de Saúde (Semsa), Lia Ferreira, esclarece algumas dúvidas recorrentes sobre o assunto.

Quem deve realizar o acompanhamento?

Crianças menores de 7 anos de idade devem ser levadas para avaliação nutricional (peso e altura) e atualização do calendário básico de vacinação. Mulheres de 14 a 44 anos de idade são avaliadas de forma integral, incluindo peso e altura e se há necessidade de atualizar o exame preventivo. Gestantes devem manter em dia as consultas de pré-natal.

Como ter acesso a esse serviço nas UBSs?

Os beneficiários do Auxílio Brasil que possuem um dos grupos citados em seu núcleo familiar devem buscar a UBS mais próxima e informar na recepção que deseja realizar o acompanhamento de saúde do programa. É necessário apresentar RG, CPF e cartão do Sistema Único de Saúde (SUS), e caderneta de vacinação para crianças e cartão do pré-natal para grávidas.

Endereços e horários podem ser acessados no link semsa.manaus.am.gov.br/localizacao-das-unidades-de-saude/.

Já fiz o acompanhamento este ano, tenho que fazer de novo?

Sim, o acompanhamento deve ser feito duas vezes ao ano da seguinte forma: uma vez na primeira vigência (de janeiro a junho) e uma vez na segunda vigência (de julho a dezembro).

Se eu não cumprir o acompanhamento, meu benefício será cancelado?

De imediato, não. A Semsa repassa os dados do acompanhamento em saúde ao Ministério da Cidadania, órgão responsável por determinar se o benefício será cancelado ou não, levando em consideração outros requisitos exigidos nas áreas de Assistência Social e Educação.

Quem deixou de buscar a UBS na vigência anterior, deve mesmo assim cumprir o acompanhamento na segunda vigência, e evitar que a situação fique irregular por mais de duas vigências.

Dados

No segundo semestre deste ano, a Semsa espera realizar o acompanhamento de 254.695 benefícios do Auxílio Brasil em Manaus, sendo 81.987 crianças e 172.708 mulheres. Até esta segunda-feira, 17/10, 72.292 beneficiários atualizaram o procedimento, sendo 11.080 crianças e 61.212 mulheres.

Nenhum comentário